Cachorrinho salvo de abrigo passa os dias atravessando o país com sua nova mãe

Pete era um cão assustado e tímido até conhecer a piloto de corrida Collete Davis.

Pete é uma mistura de terrier com chihuahua e tem aproximadamente cinco anos. Sua sorte começou a virar quando a piloto de corrida Collete Davis o conheceu durante um evento de adoção em São Francisco, Califórnia, há dois anos.

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

Naquela época Pete estava vivendo no abrigo Family Dog Rescue e sua situação não era das melhores.

Collete foi até o abrigo e reparou quando Pete estava em uma jaula com outros cães, assustado, tentando se livrar de outro que queria morder sua orelha. Penalizada, Collete o pegou imediatamente no colo e ao fitar aqueles olhos tristes soube que precisava salvar o cachorrinho. E decidiu adotá-lo.

A jovem tem uma vida agitada. Ela pilota carros desde os quinze anos e viaja com frequência através do país.

Naquele dia ela precisava ir para Flórida e não tinha onde deixar Pete. Collete não teve dúvidas e decidiu levar o cachorrinho junto. Foi a primeira viagem de Pete e ele se portou muito bem. Dormiu todo o trajeto de cinco horas e desde então acompanha Collete aonde quer que ela vá.

A jovem já vinha procurando um cão para adotar, mas ela não esperava que se encantaria por um animal adulto. As viagens dificultavam a realização desse desejo e algumas vezes Collete chegou mesmo a duvidar que algum dia teria um cão. Até conhecer o doce Pete.

Ninguém podia adivinhar que o cachorrinho iria gostar tanto de viajar. Durante os passeios ele costuma chamar bastante atenção, principalmente quando usa suas gravatinhas estilosas. Pete não se importa nem um pouco de tirar fotos com pessoas desconhecidas. Aos poucos o cachorrinho assustado se tornou confiante e amoroso.

O passado abusivo ficou para trás, bem como as noites que passou ao relento nas ruas de São Francisco, EUA. A grande novidade é que agora o cachorrinho tem uma namorada! Rally foi adotada por Collete e a empatia entre os dois foi imediata.

Hoje pode se dizer que Pete é um cachorro muito feliz. Tomar sol e brincar com Rally são seus passatempos preferidos.

Collete conta que teve vontade de transformar Pete em seu co-piloto e acredita que ele não iria se perturbar nem um pouco com a alta velocidade. Talvez até dormisse no cokpit.

Sem dúvida, a vida de Pete é uma aventura só.

Gostou da história? Compartilhe para incentivar mais pessoas sobre a importância da adoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *