Cadela contrariou todas as previsões e conseguiu parir uma grande ninhada

A cadela deu cria a oito filhotes quando ninguém mais acreditava que ela teria saúde para isto.

A pit bull Everley chegou ao abrigo em péssimas condições. Estava muito magra e grávida. Aliás, o tamanho da barriga impressionou a todos e os voluntários temeram pela vida de Everley na hora do parto. Será que a cadela teria condições de dar à luz? Além disso, ela tinha uma ferida fechada grosseiramente com um grampo de grampeador, destes usados em escritórios.

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

O abrigo que recolheu Everley não tinha condições de cuidar adequadamente dela. Mas o grupo de resgate Ramapo-Bergen se prontificou a ajudar assim que soube do caso. Everley, no entanto, não conseguiu esperar a transferência e entrou em trabalho de parto. Resultado: nasceram oito filhotinhos.

Sem demora, ela foi encaminhada para um veterinário, enquanto a Ramapo-Bergon resgatava os pequenos. Frannie D’Annunzio, voluntária do abrigo, contou que a estratégia era manter a família unida e bem de saúde. O veterinário, Dr. DeMaria, acreditava que para Everley seria bom ficar junto com os bebês.

Um dos problemas que causava bastante apreensão nos voluntários do abrigo é que a cadela estava anêmica. Exames de sangue eram realizados frequentemente nos filhotes para verificar se estavam bem nutridos pelo leite da mãe. Felizmente, tudo corria muito bem e os pequenos ganhavam peso normalmente.

Apesar de todos os cuidados, um dos bebês não resistiu, mas os demais conseguiam se manter firmes e fortes. A saúde delicada da mãe não estava sendo empecilho para eles ganharem saúde a cada dia. Os socorristas tinham a impressão que cuidar dos filhos estava fazendo um bem danado a Everley, motivando-a a prosseguir.

Os filhotes, quatro machos e três fêmeas, ainda não têm nome. Quando todos estiverem grandes e desmamados serão adotados. A intenção é que Everley ganhe uma nova família assim que estiver completamente saudável. Frannie revela que ela e os demais voluntários estão muito orgulhosos da cadela pela força e carinho demonstrados mesmo quando estava fraca demais.

Gostou da história? Compartilhe e ajude-nos a conscientizar outras pessoas na proteção dos animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *