Cães também podem sofrer com demência. Reconheça os sinais

Cães idosos podem apresentar sinais de demência que passam despercebidos dos donos.

Assim como os humanos, cães mais velhos podem sofrer de demência. A síndrome de disfunção cognitiva tem feito os pesquisadores irem mais longe no assunto. Esta doença afeta 28% dos cães na faixa dos 11 aos 12 anos e 68% na faixa dos 15 aos 16. Como o índice é bem elevado, para os donos é importante que os sinais sejam reconhecidos logo para que o tratamento comece com brevidade. O alívio dos sintomas atenua o sofrimento dos bichinhos.

demencia-caes-idosos

ESQUECIMENTO

Este é um sinal bem significativo. O cão caminha pela casa sem rumo, entra em um cômodo, fica um determinado tempo e sai sem saber o que foi fazer lá. A impressão é que ele não consegue reconhecer o lugar, olhando para o nada ou para as paredes. Os cães podem esquecer onde é o seu banheiro, por exemplo. Nestes casos, as necessidades são feitas em qualquer lugar. Preste atenção se o cão tem entrado em portas erradas e se mostre perdido depois disso. Esquecer onde fica o local de saída é comum.

NÃO TEM CONDIÇÕES DE RECONHECER AS PESSOAS DA FAMÍLIA    

Caso o cão não responda ao seu chamado, leve ao veterinário sem demora. Pode ser surdez, mas também há a possibilidade de ele não estar reconhecendo o dono ou ter perdido o interesse em dar atenção. Um sinal importante é a falta de satisfação ao cumprimentar alguém da sua convivência diária.

MUITO SONO DURANTE O DIA

Cães com sinais de demência costumam prolongar o sono de forma demasiada durante o dia. É comum eles trocarem o dia pela noite. A vontade de brincar, correr e pedir atenção diminui bastante.

PERDEM A VONTADE DE PASSEAR

Cães com a doença perdem a vontade de sair para a rua. Isto deixa de ser emocionante para eles. O que foi ensinado para eles como se portar dentro de casa é esquecido e eles se tornam bem desastrados. Acidentes dentro de casa se tornam mais comuns. E perigosos.

Se você tem um cão idoso em casa, não deixe de prestar atenção nos sinais descritos acima. Ao perceber qualquer mudança de comportamento, leve-o imediatamente ao veterinário.

Um comentário

Deixe um comentário
  1. SOU PROTETORA INDEPENDENTE DE CÃES DE RUA. ALGUMAS MÃEZINHAS DERAM SUAS CRIAS DENTRO DA MINHA CASA. COM O PASSAR DO TEMPO VIERAM A FALECER ANTES MESMO DA IDADE.
    HOJE TENHO 12 CÃES EM MINHA COMPANHIA. DE QUATRO IRMÃOS, ESTÃO SEPARADOS DOIS A DOIS POIS BRIGAM. E O PIOR QUE SÃO FÊMEAS. O QUE DEVE FAZER PARA AMANSA-LAS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *