Cão albino usa óculos especiais para se proteger do sol

Cães albinos existem! Conheça essa história incrível do Lucky, o cãozinho albino.

Clanay Reza, de Riverside, Califórnia, EUA, soube pelo Facebook de três filhotinhos de cães, órfãos, que se encontravam em situação de risco. Prontamente ele se dispôs a adota-los. Porém, os recém nascidos realmente não estavam bem. Eram tão pequenos que cabiam na palma da sua mão. Além disso, tinham albinismo.

O tutor percebeu que havia algo realmente errado quando um deles começou a cuspir sangue. Sem demora, levou os três para o veterinário. Lá todos receberam oxigênio e tiveram carrapatos removidos. Mesmo assim, dois não conseguiram resistir. O único que sobreviveu foi Lucky.

O estado dele não era nada animador. A respiração estava difícil e era muito pequeno. Felizmente, aos poucos, Lucky foi ganhando peso. Porém, duas semanas depois, quando o filhotinho abriu os olhos, foi constatado que um deles estava infectado. A solução foi drástica. Remover o olhinho.

Isto significava que Lucky teria uma vida cheia de dificuldades dali para frente. Os problemas de saúde do cãozinho não impediram que ele se desenvolvesse satisfatoriamente. Atualmente, ele tem onze meses de idade e vive muito bem com Clanay.

O olho que restou, bem como sua pele, são muito sensíveis ao sol por causa do albinismo. Porém, Clanay conta que nada impede Lucky de correr e brincar com seus óculos de proteção especial contra raios UV quando sai para a rua.

Na verdade, Lucky não pode ficar muito tempo exposto devido aos riscos do câncer de pele. Clanay acrescenta que mesmo sendo um cão doente, o astral de Lucky está sempre para cima, transmitindo sua felicidade para outras pessoas.

Lucky realmente é um cão especial em todos os sentidos.

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *