Cão coberto de alcatrão comove grupo de resgate na Argentina

São desconhecidos os motivos que deixaram o cachorro praticamente irreconhecível.

As pessoas ainda estão se perguntando se o cão foi vítima de crueldade ou de um acidente. O certo é que quando dois jovens moradores de Lanus, Argentina, encontraram-no vagando pelas ruas, mal acreditaram no que estavam vendo. Coberto de alcatrão, era impossível olhar para o cão e não se sentir mal.

Comovida, a dupla pediu ajuda para um policial e o animal foi levado a uma clínica veterinária. Um grupo de resgate chamado Zoonosis Lanus atendeu ao chamado para tentar limpar o cachorro. O corpo estava preto da cabeça até a cauda. Quando os voluntários se depararam com a situação, perguntaram-se como fariam para remover aquilo tudo.

O trabalho foi imenso. Foram cinco horas para tirar o alcatrão, esfregando incansavelmente o pelo do cão e assim desgrudar as bolas que se formaram. Nenhum deles tinha feito um trabalho parecido até aquele dia e algumas vezes os produtos utilizados davam mostras de que não iriam conseguir dar conta. Mesmo assim os voluntários seguiram firmes.

No fim do dia o resultado de tanto esforço começou a surtir efeito. O cão foi batizado de Petro (petróleo em espanhol). Descobriu-se que seu pelo é marrom e ainda no dia seguinte restavam alguns resíduos de alcatrão. Mas nada que afetasse a personalidade cativante do simpático cachorrinho.

A história do animal é tão incrível que viralizou na Argentina. Ele está muito bem, aguardando ficar totalmente recuperado para ir, finalmente, viver em um lar amoroso.

Gostou da história? Compartilhe para que mais pessoas fiquem motivadas a ajudar os animais.

Receba atualizações do Cães Online no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente