Cão é atropelado e tem sua vida salva por um casal 💗

Ryan e Lisa assistiram a cena terrível e decidiram lutar por aquele cão abandonado.

Em setembro de 2016, Ryan Hunter e a noiva Lisa sofreram um grande baque. O cão de estimação, Travis, morrera depois de uma doença que causou muito sofrimento. Por conta disso, o casal decidiu não adotar outro cãozinho por algum tempo.

Ryan Hunter

Esta decisão mudou quando certo dia, pela manhã, ao chegarem ao estacionamento de um shopping, ambos viram um cão abandonado perto de uma esquina tentar atravessar a avenida. Ryan até pensou em ajudá-lo, mas antes que conseguisse ter qualquer reação, uma van atingiu o lado direito do animal. Ryan ficou mais aflito ainda e correu na sua direção, mas ele estava tão apavorado que disparou assim que viu o homem chegando.

Ele conta que perseguiu Forrest, como foi chamado mais tarde, por ruas secundárias na tentativa de alcançá-lo. Infelizmente, Forrest desapareceu e Ryan voltou desconsolado para o seu carro, onde Lisa o aguardava.

Ryan Hunter

A noiva, porém, tinha uma novidade. Ela havia visto Forrest em outra estrada e foi para lá que Ryan se dirigiu. O homem se deparou com o cão sentado perto de uma árvore, ferido e assustado.

Ao se aproximar, Forrest reagiu e tentou morder Ryan. O homem sabia que precisava ganhar confiança do animal. Assim, sentou ao lado dele e lentamente começou uma aproximação. Depois de algumas carícias, Forrest começou a confiar em Ryan. Ele tirou a camisa e envolveu o cão que seria levado imediatamente a uma clínica veterinária.

Ryan Hunter

As notícias não foram boas. Os ferimentos eram graves, com muitas contusões e cortes. Além disso, um dos olhos havia sofrido uma terrível lesão. Forrest estava coberto de pulgas e muito sujo, mostrando que ele estava nas ruas há muito tempo.

Depois de ser examinado, o veterinário concluiu que Forrest possuía um enorme inchaço cerebral e a frequência cardíaca era baixa. O olho não foi recuperado e o cão sofria com uma hemorragia. O risco de não sobreviver àquela primeira noite era grande.

Ficou combinado de um abrigo vir conferir o estado de Forrest e definir se ele era um cão adotável ou não. Havia o risco ainda de Forrest ser eutanizado sem ter uma chance real de recuperação.

O possível destino de Forrest abateu o casal que tomou rapidamente uma decisão: adotar o cãozinho. Lisa disse que o Beagle, Travis, era surdo, cego e diabético. Em vista disso eles tinham experiência em cuidar de cães com necessidades especiais. O destino de Forrest era mesmo ficar com o casal, mesmo que os custos do tratamento fossem altos.

Forrest foi para sua nova casa e ainda está em processo de adaptação. Ele é um cão medroso, mas está aprendendo a confiar nos humanos e a se sentir seguro na sua nova casa. Ryan salienta o quanto Forrest é doce, afetuoso, amoroso e cada vez mais apegado aos seus novos donos.

O tratamento de Forrest continua e Ryan, integrante de um grupo musical, bolou uma maneira de arrecadar fundos. Eles irão rifar algo especial para levantar dinheiro, tudo pelo bem-estar de Forrest.

“Todos os dias têm sido uma pequena vitória”, diz Ryan, satisfeito por Forrest estar se sentindo bem e confortável no seu novo lar.

Se você quiser ajudar Forrest e seus pais, poderá fazer uma doação através do Paypal para ajudar a cobrir os custos médicos. <3

Receba atualizações do Cães Online no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente