Cão salva menina de três anos de dentro de um buraco

Peanut é um cãozinho que passou por coisas terríveis na sua vida. Ele foi encontrado com múltiplas fraturas depois de viver um tempo com sua antiga família. Um abrigo localizado em Michigan tratou de resgatá-lo e fazer o tratamento adequado até sua saúde se restabelecer. Peanut, então, teve a felicidade de ser adotado por uma família amorosa. E um milagre aconteceu. A mãe de Peanut escreveu uma carta para o antigo abrigo relatando um verdadeiro ato de heroísmo do seu filhote. 

O fato ocorreu em um dia pela manhã. De repente, Peanut passou a demonstrar um comportamento esquisito. A agitação era grande. Peanut corria pela casa, subindo e descendo as escadas, latindo muito. O cachorrinho foi até a garagem onde seu pai adotivo trabalhava tentando desesperadamente chamar sua atenção, mostrando que queria ir para o lado de fora de qualquer jeito. Mal foi para o jardim, Peanut saiu campo afora, muito rápido, surpreendendo seus tutores. O cão disparou até um determinado ponto, sendo seguido pelo homem e, depois de alguns metros percorridos, o pai de Peanut se defrontou com algo inacreditável: uma criança de aproximadamente três anos, estava dentro de um buraco, nua e tremendo de frio

Chocado, o pai de Peanut enrolou a garotinha com sua própria camisa e a levou para o hospital. Ele diz que a única coisa que a criança balbuciava era “cachorrinho”. Felizmente ela não apresentava ferimentos.

O caso chocou a todos. Os agentes do xerife do Condado de Delta se mobilizaram e conseguiram localizar os pais e a casa da criança, em péssimas condições. A menina e mais outra criança encontrada na casa agora estão sob os cuidados dos Serviços de Proteção à Criança.

A mãe de Peanut atribui a sua façanha a algum sexto sentido depois de tantos maus tratos a que foi submetido.

Até o momento não se sabe como a criança de três anos foi parar dentro da vala ou como saiu de casa, se sozinha ou acompanhada. A única coisa que se tem certeza é que Peanut salvou sua vida.

A mãe de Peanut encerra a carta, emocionada, salientando que se não fosse o abrigo cuidar bem da cachorrinha, a criança teria morrido.

Sem dúvida, os pais de Peanut estão muito orgulhosos do seu filhote!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *