Cão sonha com um lar amoroso depois de passar anos em abrigo

Enquanto os amigos são adotados, Bear sempre acaba ficando para trás.

Bear (urso em português) é um simpático cão que vive há alguns anos em um abrigo em Detroit, Estados Unidos. Ele foi resgatado enquanto andava pelas ruas movimentadas de Flint, Michigan.

Na época Bear tinha somente sete meses e chegou ao Detroit Animal WelfareGroup (DAWG) muito magro. Kelly LaBonty, diretora do DAWG contou que ele ficou em um lar adotivo, mas quando a família teve que se mudar, Bear não pôde ser levado.

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

Desde então Bear vive no abrigo onde se dá muito bem com as pessoas. Ninguém hesita em dizer que é um cão brincalhão, afável e que adora crianças. Porém, nem tudo são flores na vida dele. Ele não interage bem com outros animais.

Kelly revela que já levou Bear a vários eventos de adoção, mas o cão é sempre ignorado. A DAWG salienta que o ideal é que seja adotado por uma família onde ele seja o único animal de estimação.

Houve um episódio que aborreceu muito os voluntários do abrigo e o próprio cãozinho. Em uma ocasião uma mulher se interessou em adotá-lo. A disposição em conhecê-lo foi tão grande que ela dirigiu por uma hora e meia até o abrigo. Tudo levava a crer que o simpático cão finalmente encontraria a família perfeita. Os voluntários da DAWG levaram Bear até a casa da família para o que eles chamam de “encontro e saudação oficial”. Mas, para surpresa de todos, as crianças não quiseram. Ele não era o cão que imaginavam.

Foi uma ducha de água fria para todo mundo. Bear, particularmente, ficou deprimido com a rejeição. Kelly conta que o cão simplesmente não queria entrar no carro para voltar ao abrigo. Bear somente desejava ficar na casa com a família que o recusou.

Apesar disto, ninguém na DAWG pensou em desistir de lutar pela adoção de Bear. Em abril de 2017 houve um evento de adoção em Michigan. Para surpresa – e decepção – de todos, Bear foi o único cão que sobrou. Os demais foram adotados.

Kelly tirou uma foto de Bear na volta ao abrigo. A imagem viralizou, pois mostrava o quanto ele estava abalado em retornar ao seu canil.

O cão foi rejeitado ainda em outra oportunidade. Uma mulher entrou em contato com a DAWG interessada em adotá-lo. Ela viu a foto no Facebook e demonstrou surpresa por ele não ter sido adotado até então. A DAWG a convidou para uma visita ao abrigo para reunião e saudação oficial. Mas a mulher jamais apareceu.

O cachorro está há dois anos e meio no abrigo e mesmo tendo alguma liberdade para entrar e sair, ele se sente deprimido por ficar sempre no mesmo lugar. É comum vê-lo deitado na sua caminha, sempre de cabeça baixa.

Mesmo assim, com tantos desapontamentos, a esperança de um lar para o Bear persiste. Afinal, ele tem condições de se tornar um grande companheiro. É muito brincalhão e adora correr. Depois de tantos percalços, tudo o que a DAWG e Bear desejam é um lar cheio de amor.

Se você mora nos EUA ou conhece alguém que mora, entre em contato com a DAWG para adotá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *