Você está aqui: Home > Dicas > Doenças comuns em cães

Doenças comuns em cães



Doenças como depressão, alergia alimentar e otite são comuns nos cachorros. Conheça essas e outros tipos de doenças, e saiba o que fazer!

Alergia a alimentos: é causada por uma resposta imunológica de alguma substância que está presente na comida do cachorro. Ela pode provocar diversos sintomas como diarreia, vômito, até o óbito se ela não for tratada a tempo. A reação alérgica aos alimentos pode ser identificada por meio do comportamento canino, como coceira exagerada, vermelhidão, descamação da pele e lesões provocadas pelas unhas.

Doenças comuns em cães

Para prevenir a alergia aos alimentos, o ideal é que o dono compre reações de boa qualidade e que sejam reconhecidas no mercado. Rações de qualidade duvidosa podem conter corantes, que possibilitam que os alimentos não sejam absorvidos adequadamente pelo organismo. Outra dica é os donos trocarem periodicamente o comedouro de plástico. A melhor opção é alimentar o cão por meio de comedouro fabricado em alumínio.

Depressão: o cão quando está melancólico ou em estado depressivo costuma recusar brincadeiras e muda de forma drástica o comportamento. Ainda não se sabe a causa específica da depressão nos cães, mas ela pode ser causada por separações ou solidões. Os sintomas mais comuns podem ser ressaltados como o hábito dos cães de se lamberem de forma excessiva, que algumas vezes podem até deixar as patas machucadas. A prevenção da depressão canina pode ser feita de uma maneira simples: levar o cão para passear. Por isso, é essencial que os donos levem os cachorros para passeios no dia a dia, sobretudo em lugares como praças ou parques, para que eles possam se socializar e interagir com outros animais.

Otite: é uma inflamação que ocorre nos ouvidos do cão, que pode ter origem infecciosa, parasitária, fúngica ou seborreia. Se ela não for bem cuidada, pode provocar uma meningite ou até mesmo uma infecção generalizada, que é bem grave. Os sintomas mais comuns da otite são a coceira excessiva na orelha e o balançar exagerado da cabeça. Além disso, pode estar presente uma secreção amarela ou enegrecida, que tem um cheiro muito ruim. O diagnóstico da doença é feito por meio de otoscopia e o tratamento é realizado com o uso de antibióticos se for otite bacteriana, antifúngicos para otites fúngicas,entre outros.

Obesidade: é o acúmulo excessivo de gordura, que pode ser ocasionado por meio de uma má alimentação, sedentarismo e outros fatores. Os cães obesos podem desencadear diversas doenças, tais como diabetes, problemas nas articulações, etc. A prevenção pode ser feita através de uma alimentação saudável e equilibrada, assim como, passeios regulares no dia a dia.

GRÁTIS: Receba atualizações por Email:

Cadastre seu email e receba atualizações do Cães Online no seu e-mail. É grátis!

Faça o seu Comentário