A felicidade encontrou Ollie depois de ser resgatado nas ruas

Ollie é uma simpatia e sabe quando seus tutores estão tristes.

Os primeiros três meses de vida de Ollie marcaram profundamente sua existência. Ele caminhava a esmo pelas ruas de Los Angeles (EUA), até ser recolhido por oficiais de controle de animais e ser levado ao North Central Animal Shelter. Ollie era muito nervoso e ansioso.

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

Uma família logo o adotou e a integração foi imediata. Porém, o doce Ollie ficou doente assim que chegou na sua nova casa. Mas não faltou amor de nenhum dos dois lados.

Liz, a nova mãe de Ollie conta que as doenças de Ollie eram decorrentes do tempo que ele vivia na rua. Ele se curou provavelmente por se sentir seguro com sua nova família.

O passado de Ollie é um mistério para todo mundo, mas o seu comportamento dá algumas pistas sobre o quanto deve ter sido terrível. Ruídos altos ele odeia. Ollie também sente receio de ônibus e locais de construção com muito barulho. O mais interessante é que Ollie é bem intuitivo e percebe quando alguém da sua família está com algum problema. Isto cativa cada vez mais seus novos pais.

Ollie parece realmente estar adaptado a sua nova rotina. Com a saúde recuperada, Ollie está sempre brincando e adora ser incluído nas aventuras diárias que os pais proporcionam. O cãozinho aproveita intensamente os passeios. Ele se sente muito à vontade quando está na praia. Brincadeiras na areia e surf são seus passatempos prediletos.

A felicidade de Ollie em ser tão bem acolhido é demonstrada nas suas atitudes. Feliz e extrovertido, Liz conta que algumas vezes Ollie também sabe ser teimoso. Mas nada que atrapalhe a convivência pacífica e alegre de toda a família.

Fotos: mrolliepants

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *