Filhotes de cães são resgatados de dentro de bueiro em Porto Alegre

Resgate movimentou vizinhos em uma noite fria na cidade.

A noite de quarta-feira, dia 16/08/2017, foi de tensão e angústia para os moradores da Vila dos Comerciários, em Porto Alegre. Mensagens constantes através do WhatsApp no grupo da associação dos moradores não paravam de chegar.

O motivo de tantas mensagens?

O filhote de um cãozinho havia caído dentro de um bueiro juntamente com o irmão.

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

Quem deu o alerta foi Analice Moreira. Ela disparou a primeira mensagem avisando os vizinhos e anexou a foto de um dos filhotes já resgatado e bem assustado. Mas ainda faltava seu irmãozinho.

Os vizinhos se mobilizaram pelo aplicativo. A sugestão de ligar para os bombeiros foi aceita, porém a corporação respondeu que como o cão não era de ninguém não podia fazer o resgate. A prefeitura também foi acionada, mas não houve garantias de que enviaria ajuda.

Um segurança que fazia a ronda pelo local foi chamado, porém, assustado, o filhote mordeu o homem no dedo. A situação ficava cada vez mais preocupante. Já passavam das 23 horas e o cãozinho continuava dentro do buraco.

Analice mandou uma mensagem para Paulo Rizzo, morador da rua detrás. Paulo, que assistia ao jogo do Grêmio, prometeu ajudar assim que a partida finalizasse.

Neste meio tempo Camila Kosachenko soube o que estava acontecendo e se deslocou ao local junto com a mãe. Já eram 23h15min. Aquela altura Paulo e Analice tentavam distrair o cãozinho com uma porção de ração. Dentro do bueiro o pequeno não facilitava, era possível ouvir seus grunhidos furiosos. O outro filhote, desesperado, rondava o buraco onde o irmão tinha caído.

Nada parecia dar certo.

Paulo Rizzo, que provavelmente já havia abandonado o jogo do Grêmio para salvar o cachorrinho, lançou mão da última tentativa: entrar no bueiro. Com metade do corpo dentro do vão, Paulo pegou o filhotinho e gritou para os vizinhos que o puxassem pelas pernas.

Lágrimas e palmas foram o desfecho feliz da história. Camila se responsabilizou pelos dois meninos e os levou para casa. Atualmente, Max Bernardino e Tufão Abelardo estão em uma clínica veterinária para exames e tratamento de anemia. Assim que estiverem recuperados dos dias de abandono e da aventura no bueiro, Camila os levará para casa onde a cadela Carmem Lúcia, uma vira-lata resgatada, os aguarda ansiosamente. O desejo de Camila é que todos formem uma família muito feliz.

História linda que merece ser COMPARTILHADA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *