Maratonista arrecada fundos para trazer cadela abandonada da China

Corredor escocês se encantou com a cadelinha que o acompanhou durante uma maratona.

Imagine participar de uma maratona tendo a companhia dos adversários e… de uma cachorrinha? Parece história de filme, mas é vida real. O maratonista escocês Dion Leonard viajou até a China para participar de uma maratona extrema chamada 4 Desert Race. O percurso de 250 quilômetros feito através de um deserto do interior da China já promete grandes emoções por conta dos seus próprios desafios. O que Dion Leonard jamais imaginaria é que ganharia uma companhia muito especial.

maratonista-cadela-china-1

ACOMPANHE CÃES ONLINE!
Inscreva-se no Canal: https://goo.gl/HU37EA
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/caesonline/
Participe do Grupo: https://www.facebook.com/groups/caesonline/
Siga no Instagram: https://www.instagram.com/caes.online

A cachorrinha começou a correr entre os atletas já no primeiro dia, mas a partir do segundo, Gobi passou a acompanhar os passos de Dion. Ele conta que durante a maratona os obstáculos eram intensos. Os atletas, em alguns momentos, são obrigados a atravessar grandes rios. Gobi não queria deixar seu novo amigo seguir sozinho e Dion não tinha a menor intenção de fazer isto. Ele a carregou nas costas em várias situações. Não demorou muito para um forte laço de amizade se formar. Ainda durante a corrida o maratonista tomou a decisão de levar Gobi para sua casa no Reino Unido.

A grande questão é que levar um animal de um país para o outro custa caro. Para conseguir importar Gobi da China para a Escócia, Dion precisou criar uma campanha de arrecadação de fundos online para obter a quantia necessária, cinco mil euros ou R$ 21.500,00. Este valor cobriria as despesas com os veterinários e os custos com a quarentena. Porém, a campanha foi tão exitosa que as contribuições superaram o valor necessário.

maratonista-cadela-china-2

Até o momento Gobi não se mudou para o Reino Unido. Ela continua no deserto da China, agora na companhia de um amigo de Dion. A esperança é que a cachorrinha esteja na Escócia até o Natal. Sem dúvida, será um presente e tanto.

Um comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *