Postagem no Facebook salva filhote deixado amarrado em um saco plástico

O Facebook e as postagens dos amantes dos animais tem se tornado um alternativa poderosa para ajudá-los de crueldades.

filhote-salvo-facebook-1

Na semana passada, uma postagem no grupo Arca de Noé, criado com o objetivo de ajudar animais abandonados na cidade de Marechal Cândido Rondon, PR, ajudou a mobilizar as pessoas e assim salvar a vida de um filhote de cão que foi abandonado para morrer em um saco plástico.

pedido-ajuda-grupo-cao

Imediatamente várias mensagens foram publicadas condenando o ato de maldade e principalmente de pessoas se oferecendo para ajudar. Felizmente menos de meia-hora após o pedido de socorro no Facebook, o cão foi resgatado por uma mulher que trabalhava em uma clínica média perto do local em que o cão foi deixado. Mesmo com vestígios de ter ficado amarrado durante toda a noite anterior, o filhote parecia com boa saúde.

filhote-salvo-facebook-3

Após o resgate foi feita uma nova postagem no grupo, desta vez perguntando se tinha alguém que poderia ficar com o cachorro. E rapidamente foi adotado.

filhote-salvo-facebook-4

Uma história inspiradora que serve de exemplo para todos nós que amamos os animais. Compartilhe.

*Fotos retiradas de publicações no Facebook

 

10 Comentários

Deixe um comentário
  1. judiação…ainda bem que existem anjos que se sensibilizam com esses seres inocentes e indefesos, que todas a bençãos de Jesus seja derramada sobre a pessoa que socorreu, a que adotou e a que postou, Deus abençoe a todos…e que ele tenha um lar feliz…

  2. A sentença da “pessoa” que cometeu este ato de crueldade contra este indefeso e inocente animal, já está lavrada. Ninguém passa ileso da lei de ação e reação. Um dia o Karma o encontrará.

  3. Continuo, a dizer teria que ter cadeia para quem maltrata os animais são seres tão amáveis melhor que muitos seres humanos,atenciosos,carinhosos,e companheiro s e tudo de bom.

  4. Sao vidas em jogo, quem nao gosta de animais deveria passar para outros sem precisar de maltrata-los. Nao concordo com certas criaturas; ninguem quer ser judiado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *