Vovó com Alzheimer fica mais feliz ao receber visitas de cãozinho

Um cão pode fazer milagres na vida de pessoas doentes.

Richard Dawson sofre ao ver sua vovó de 95 anos com a doença de Alzheimer. No Twitter ele revelou que é comum ela chorar, se irritar e ficar confusa. O aplicativo Borrow My Dog é um serviço disponibilizado no Reino Unido que possibilita que o usuário possa pedir um cão para servir como terapia no tratamento de pessoas doentes. Richard já havia lido sobre os grandes progressos que cães podem alavancar em pessoas doentes e decidiu testar.

A escolhida foi Orla, uma filhote de dachshund. A empatia foi imediata logo no primeiro encontro. Orla visita a avó de Richard duas vezes por semana, terças e quinta-feiras. Com o tempo, a intenção é que Orla fique mais tempo com a vovó.

A melhora tem sido significativa. As preocupações e dores da velhinha são esquecidas quando Orla chega. Quando a pet não está por perto, a avó de Richard chora e reclama de dores. Porém, é só Orla chegar para tudo melhorar. A velhinha se distrai tanto que se esquece do seu sofrimento. Para Orla tem sido muito bom. Ela adora o agito!

Como diz Richard, ambas são a combinação perfeita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *