Americano cria asilo para cães idosos abandonados

Por: em

Inspirado no companheiro fiel, um homem criou um lar para abrigar cães idosos. Confira. 

Em 6 de abril de 2019, foi inaugurado um Shep’s Place, um santuário para cachorros idosos situado em Independence (Missouri), próximo à fronteira com o Estado do Kansas, na região central dos EUA. A inspiração para a empreitada veio de Shep, um mestiço de beagle e basset hound amoroso e gentil, resgatado dez anos antes por Russel Clothier. 

O Shep’s Place Senior Dogs Sanctuary recebe cães idosos abandonados nas proximidades do asilo, especialmente na região metropolitana de Kansas City. É um lugar reservado para que os animais possam passar os últimos meses ou anos de vida com dignidade. 

americano-cria-asilo-para-caes-idosos-abandonados

O santuário 

O Shep’s Place foi instalado em uma propriedade de quatro hectares em Independence, cidade de pouco mais de 116 mil habitantes que ficou famosa nos tempos do Velho Oeste Selvagem, por ser o ponto inicial das linhas de trens que seguiam para a Califórnia, Oregon e Novo México. 

Apesar de estar no Estado do Missouri, o santuário fica mais próximo de Kansas City e, por isso, concentra as operações no acolhimento de cães idosos abandonados. Na verdade, são duas cidades homônimas e conurbadas, uma de cada lado do rio Missouri, que marca a divisa entre o Kansas e Missouri. 

americano-cria-asilo-para-caes-idosos-abandonados 1

O abrigo trabalha com o acolhimento e realocação dos animais, mas é difícil encontrar tutores interessados em adotar cães idosos. Por isso, a maior parte dos “hóspedes” do Shep’s Place permanece na instituição pelo resto de suas vidas. 

Os cães protegidos por Russel Clothier, aliás, já passaram por outros abrigos do Kansas e do Missouri, que não conseguiram encontrar novos lares para eles. O Shep’s Place não aceita animais rejeitados diretamente dos antigos tutores e trabalha com cães em situação de abandono encontrados em um raio de 160 km da propriedade. 

americano-cria-asilo-para-caes-idosos-abandonados-2

Os cachorros, apesar da idade, encontram no abrigo um espaço para se movimentar livremente, contam com uma grande variedade de opções de lazer e interagem com os voluntários humanos. O Shep’s Place pretende ser um verdadeiro lar, em que os animais possam perambular por todos os ambientes, brincar no quintal e dormir onde acharem mais adequado. 

Todo o trabalho é feito por voluntários: brincadeiras, atendimento médico, organização dos ambientes e, é claro, a faxina do loca. O Shep’s Place conta com doações que chegam de todo o país, para garantir alimentação, medicamentos, etc. 

Os velhinhos 

Não é só nos EUA que os cães idosos enfrentam problemas de rejeição, negligência e abandono. Em todo o mundo, animais que já serviram para companhia, guarda, proteção do patrimônio, caça e guarda de rebanhos sofrem com a chegada da velhice. 

asilo-para-caes-idosos-abandonados-3

A partir dos sete ou oito anos, a capacidade de locomoção tende a ficar reduzida. As doenças se tornam mais comuns, os animais sentem os efeitos do calor e do frio com mais intensidade e muitos deles são abandonados por terem “perdido a utilidade”. 

Atitudes como a de Russel Clothier são importantes para a conscientização. Animais de estimação não são objetos que podem ser descartados quando não conseguem mais cumprir as tarefas a que foram designados. Eles merecem passar o final da vida em ambientes saudáveis, estimulantes e afetivos. 

americano-cria-asilo-para-caes-idosos-abandonados-4

Shep’s Place é mais que um abrigo para animais abandonados: é uma verdadeira casa de idosos para cachorros que não têm mais a agilidade e saúde dos filhotes e adultos saudáveis. A iniciativa de Clothier merece ser multiplicada mundo afora.