Bom seria se todos tivessem um lar

Por: em

Nega Lee é uma linda cadela que passou anos servindo de cobaia em um hospital veterinário, até conhecer a alegria de ter um lar.

Todos os dias animais são abandonados. Todos os dias eles deixam de ter um dono para viver de um lado para o outro, roubando comida, buscando abrigo quente e seguro. As pessoas passam por eles e os ignoram. Ainda há aquelas que até olham e se emocionam, mas a correria de cada um os impossibilita de levar um cão de rua para dentro de suas casas.

A cadela Nega Lee, assim chamada pelos tratadores de uma universidade que a resgataram, é mais uma em tantos outros casos de abandono. Apareceu sozinha, exibindo seus longos e bem cuidados pelos negros. Ficou lá, aguardando que alguém a procurasse. O tempo foi passando e ninguém, nem sinal de uma pessoa a sua busca. E o tempo se encarrega de fazer com que tudo se acerte. Aos poucos Nega Lee foi se adaptado em seu novo lar, dividindo seu espaço com outros animais também abandonados.

Seguir Cães Online no Facebook

cadela-nega-lee

Sua beleza e agilidade chamaram a atenção de professores e estudantes da Universidade que logo começaram a fazer exames na cadela para ver sua saúde. Nega Lee sempre foi muito saudável e logo se tornou a doadora de sangue para animais debilitados. Parecia gostar de ser útil e sempre se mostrava muito mansa e amável com seus cuidadores.

Como em qualquer ambiente onde existe mais de um indivíduo, Nega Lee logo começou a ser notada pelas pessoas e pelos animais. Logo, o macho Teimoso se mostrou interessado por ela. Juntos os dois formaram um casal bonito e saudável. A pequena Juju também observava Nega Lee, e toda vez que a encontrava, rosnava e a provocava.

Assim, nesse convívio quase humano, a vida ia seguindo seu rumo.

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News

Até uma aluna conhecer a linda Nega Lee e despertar um amor capaz de mudar a vida de ambas. Todos os dias as duas saiam para um longo passeio, onde se divertiam e se conheciam. O amor foi aumentando e um belo dia, quando os tratadores chegaram no canil, não viram mais a cadela. Nega Lee, depois de um passado triste de abandono, enfim redescobriu o amor. Ela foi adotada pela aluna e hoje pode correr livremente, respirando o ar da liberdade e vivendo os dias de felicidade que outrora havia conhecido.