Cacatua diz ‘eu te amo’ para labrador e viralizada no TikTok

Por: em

Cacatua dizendo “I love you” para filhote de labrador se torna viral nos EUA.

Sweet Pea é uma cacatua que vive em Boise, capital de Idaho (EUA), desde novembro de 2020. Atualmente, Sweet Pea está dividindo a casa com um filhote de retriever do Labrador preto, adotado pela tutora Wendy Albright.

O amor dois pets está chamando atenção nas redes sociais: um vídeo da cacatua dizendo “I love you” (“eu te amo”, em inglês) viralizou na internet e já recebeu mais de um milhão de curtidas e compartilhamentos na página de Wendy no Facebook e no TikTok.

Cacatua e labrador

Além da declaração explícita de amor, o vídeo da cacatua com o filhote mostra também Sweet Pea acompanhando o labrador em diversos momentos – inclusive quando ele está tirando uma soneca em sua caixa.

O primeiro vídeo postado por Wendy mostra a reação de Sweet Pea em seu primeiro encontro com o cachorrinho, que ocorreu em 23.03.21. É neste momento que a cacatua parece fazer um afago no labrador e espontaneamente diz que ama o pet.

cacatua e labrador

A repercussão foi tão grande que Wendy chegou a dar entrevistas para uma emissora de TV de Idaho. Mais de 27 milhões de internautas visualizaram o vídeo no TikTok e cinco milhões registraram as suas curtidas. O post é campeão de viralização nos EUA.

Outros vídeos vieram em seguida. A cacatua e o labrador se divertem em brincadeiras, exploram o quintal de Wendy e mostram que o amor é recíproco: o cachorrinho segue a ave pela casa inteira. A tutora acredita que o amor espontâneo dos dois animais é o motivo que levou tantos internautas e assistirem às cenas desta dupla inusitada.

Sweet Pea

Sweet Pea significa ervilha-de-cheiro e é também o nome de uma música popular nos EUA, de autoria de Amos Lee, compositor que mescla folk, jazz e soul. Além disso, é uma personagem do filme de ação “Sucker Punch”, de Zack Snyder (2011). A personagem se autointitula “a estrela do show”.

A cacatua realmente parece ter gostado imensamente do cachorrinho. Não se trata de uma novidade: ela não está apenas curiosa com o novo companheiro de casa. Wendy cuida também de outro cachorro, além de mais duas aves (outra cacatua e um papagaio-cinza) e um cavalo, todos resgatados em abrigos.

Cacatuas

As cacatuas são aves psitaciformes – parentes dos papagaios e araras –, nativas da Austrália e do sudeste da Ásia. Elas não são tão chamativas como as aves brasileiras, mas possuem uma bela crista amarela e branca móvel, usada na comunicação.

Conhecidas por serem dóceis e brincalhonas, as cacatuas adaptaram-se com facilidade ao convívio humano. Especializadas em quebrar nozes, elas apresentam um bico encurvado e forte, além das patas com quatro dedos (dois para frente, dois para trás, assim como os papagaios), que lhes permite trepar em árvores com bastante facilidade.

Algumas espécies de cacatuas vivem até 75 anos. Elas podem aprender a falar e cantar, imitando a voz humana. A característica mais marcante é o topete, que se eleva sobre a cabeça quando as aves estão curiosas.