Cachorrinha pula num buraco cheio de água para salvar seus filhotes que estavam se afogando

Por: em

Ela não hesitou em entrar num buraco alagado para salvar os filhotes. A cachorrinha evitou o afogamento. 

Uma cachorra vietnamita improvisou um abrigo para os filhotes em um cano de esgoto. Até aí, nada demais. O animal, sem raça definida, acreditou que os cãezinhos estariam protegidos – e realmente estavam, até que começou a chover. Eles quase morreram afogados, mas a mãe conseguiu salvá-los antes da tragédia. 

Seguir Cães Online no Facebook

A cachorra, chamada Lu, vive em Dong Nai, uma província próxima a Ho Chi Mihn, a capital do Vietnã. Ela deu à luz uma ninhada de três filhotes na praça da cidade, que já estavam com três semanas de vida quando ocorreu o acidente. 

Cachorrinha pula num buraco cheio de água para salvar seus filhotes que estavam se afogando

Amor de mãe 

Lu certamente pode ser citada como exemplo de amor materno. Os filhotes já haviam sido avistados por moradores locais, logo depois do nascimento. Mas eles cresceram e começaram a querer explorar o ambiente. 

Provavelmente, a mãe decidiu que as crias estavam muito expostas aos perigos. Para protegê-los, ela levou os três cãezinhos para uma abertura de esgoto – o covil perfeito, ela deve ter imaginado: a salvo do movimento e dos muitos riscos – pessoas, carros, outros cachorros, etc. 

Cachorrinha pula num buraco cheio de água para salvar seus filhotes que estavam se afogando

O Vietnã fica na Indochina, no sudeste da Ásia, em uma zona tropical. As chuvas de verão são sempre muito fortes, gerando transbordamentos e inundações. Nas cidades, a impermeabilização do solo dificulta a absorção das águas e sempre causa transtornos. Todos os anos, ocorrem alagamentos – isto acaba custando a perda de muitas vidas, além de desabrigar milhares de pessoas e animais. 

O abrigo preparado pela cachorra Lu parecia seguro. Era escuro, confortável e seco. Mas as chuvas chegaram nas imediações e a rede de água e esgoto não deu conta de escorrer todo o aguaceiro. A enchente deixou os filhotes ilhados. 

Lu ficou extremamente apreensiva. Os cãezinhos não estavam apenas isolados: a qualquer momento, a correnteza das águas poderia arrastá-los e afogá-los. Como mãe zelosa, ela não poderia permitir que isso acontecesse. 

Cachorrinha pula num buraco cheio de água para salvar seus filhotes que estavam se afogando

A cachorra não hesitou em procurar socorro. Ela atraiu a atenção dos passantes e um homem se disponibilizou para ajudá-lo. A operação de resgate foi registrada em vídeo: enquanto o homem tenta cavar um escoamento, Lu usa os dois braços para retirar o excesso de lama que logo se acumulou no bueiro. 

Quando o espaço se abriu – apenas o suficiente para permitir a passagem – Lu mergulhou no buraco, colocando a própria vida em risco. O homem que estava tentando ajudar ainda tentou impedi-la, mas a cachorra foi mais rápida. 

Foram alguns segundos tensos. O homem continuava tentando desviar o curso da água, mas não havia sinal da cachorra e dos filhotes. Tudo indicava que os animais haviam sido tragados pela violência da correnteza. 

Finalmente, Lu conseguiu colocar a cabeça para fora do bueiro. Ela tentava se equilibrar nas pernas traseiras, enquanto colocava um dos filhotes a salvo. O espaço é estreito, dificultando os movimentos, mas a cachorra se espremia entre a lama e os detritos. 

Cachorrinha pula num buraco cheio de água para salvar seus filhotes que estavam se afogando

Lu repetiu a operação mais duas vezes, enquanto o homem continuava se esforçando para tentar reduzir o volume de água que era tragado pela rede de esgoto. A cada vez, ela emergia com um filhote na boca. 

É interessante notar que a cachorra confiou inteiramente no propôs a ajudá-la. Ela trazia os cãezinhos encharcados na boca, em um esforço imenso para vencer a força das águas, e confiava os filhotes ao homem que tentava, de alguma maneira, impedir a tragédia, que resultaria em morte certa. 

O terceiro cãozinho resgatado não recuperou a consciência imediatamente. Foi preciso que o herói humano aplicasse massagem cardíaca, para que o filhote voltasse aos movimentos. Enquanto o homem executava a manobra de emergência, Lu seguiu todos os movimentos, em um misto de desconfiança e esperança. 

Bin Dao Thi é o homem que ajudou a cachorra no salvamento dos filhotes. Ele concordou, em relato à imprensa local, que Lu é a responsável pela maior parte do trabalho – inclusive, foi ela que o atraiu para o bueiro. Felizmente, todos estão bem. 

Chuvas de verão despencam com força, mas desaparecem com a mesma rapidez. Em menos de meia hora, Lu já havia encontrado um novo local seguro para os filhotes – desta vez, acima do nível dos esgotos. 

A mãe devotada limpou o pelo dos três cãezinhos, acomodou-os em segurança e alimentou-os. Depois de tanta ação, era possível observar a família descansando tranquilamente. Quem passou ali naquele momento não poderia fazer ideia dos apuros que os animais passaram e da força e perseverança que Lu demonstrou. 

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News