Cachorro dá o melhor abraço após ser resgatado minutos antes da eutanásia

Este cachorro escapou da eutanásia por questão de minutos. Ele foi resgatado e realocado.

Um cachorro de rua chamado Robin foi encontrado mancando nas ruas de Dallas (Texas, sudeste dos EUA). Ele estava com uma ferida em uma das pernas traseiras e foi levado a um abrigo nos arredores da cidade, onde se pratica legalmente a eutanásia.

Felizmente, Robin foi salvo do abate, poucos minutos antes de receber a injeção letal. Membros do Vet Ranch, um grupo de ativistas dos direitos animais do Texas, chegaram a tempo de impedir a eutanásia e levar o cachorro para um local seguro.

cachorro-e-resgatado-minutos-antes-da-eutanasia

As leis americanas

A legislação americana é muito severa no que se refere à prática de maus tratos e negligência contra animais de estimação. Cada um dos 50 Estados possui pelo menos uma lei disciplinando o tema.

Em geral, crimes contra cães e gatos são considerados de menor potencial ofensivo, mas algumas unidades, como Alabama e Louisiana, preveem pena de reclusão de até dez anos para casos de violência que provoquem a morte dos animais.

cachorro-e-resgatado-minutos-antes-da-eutanasia

Mesmo assim, as leis sanitárias do país são igualmente rígidas – e, neste caso, os animais de rua sofrem bastante. Na maioria dos 50 Estados, a política de controle de zoonoses (doenças transmitidas aos humanos por outros animais) consiste no abate de cães e gatos abandonados.

TREINO FLAMENGO _ 01_08_2022

Em algumas localidades, como o Texas, a eutanásia pode ser aplicada em apenas 72 horas depois da apreensão dos animais, mesmo no caso dos animais que fugiram de casa ou escaparam durante passeios. Os tutores americanos precisam ficar atentos, se não quiserem perder os seus pets.

A história de Robin

Robin se apresentou em péssimas condições quando foi levado ao abrigo pelas autoridades municipais de Dallas. O cachorro estava sujo, mostrava ser muito arisco e não conseguia caminhar naturalmente, em função de uma lesão na perna traseira.

No abrigo, depois de uma avaliação rápida e superficial, foi constatado que Robin havia sofrido fraturas. O diagnóstico não era específico: a conclusão foi de que o cachorro tinha problemas ósseos na perna ou na pelve e o melhor a fazer seria sacrificá-lo.

cachorro-e-resgatado-minutos-antes-da-eutanasia

O cachorro parecia conformado com o seu triste destino. Apesar de amedrontado e triste, ele não se mostrou agressivo com a equipe, nem com os outros animais do abrigo, que avistou apenas de relance.

No entanto, uma boa estrela parece ter brilhado naqueles curtos instantes que separavam a decisão pela eutanásia e a aplicação da injeção letal. Um grupo de ativistas do Vet Ranch tomou conhecimento da situação de Robin e apresentou-se, responsabilizando-se pela guarda provisória do animal.

cachorro-e-resgatado-minutos-antes-da-eutanasia

Uma vez libertado da possibilidade iminente de eutanásia, Robin recebeu atenção médica mais adequada. Depois de avaliações clínicas e exames, os veterinários concluíram que a perna do cachorro não estava fraturada, apenas machucada.

Exames de imagens não identificaram nenhuma fratura nos ossos de Robin. A melhor surpresa, no entanto, ainda não tinha sido revelada. Só depois de se sentir seguro e confortável, já medicado para atenuar a dor que estava sentindo, Robin mostrou que era um grande cachorro.

Ele se mostrou realmente adorável, um menino doce e muito meigo. Encerrados os exames – e verificado que Robin não tinha nenhum problema grave – o cachorro deu um forte abraço nos seus salvadores, feliz e satisfeito por ter encontrado alguém que conseguisse entender e acolher.

cachorro-e-resgatado-minutos-antes-da-eutanasia

Um mês depois de quase ter sido sacrificado no abrigo, Robin estava totalmente recuperado. Além de superar o ferimento na perna, ele ganhou alguns quilos e, com os cuidados adequados, passou a revelar uma admirável pelagem branca e dourada.

Robin foi adotado e já foi introduzido no novo lar definitivo. A equipe do Vet Ranch conseguiu encontrar uma mulher que ama incondicionalmente o peludo. A partir de agora, Robin está pronto para ser acariciado e mimado, sem medo de injeções inoportunas.

Um espaço de acolhimento e conscientização

O Vet Ranch é um canal do Youtube, criado pelo veterinário Matthew Carriker, em 2014. O objetivo é conscientizar a população e as autoridades de que os animais de rua também precisam, entre outras providências, de cuidados médicos.

O ponto de partida para a criação do Vet Ranch foi o resgate de um cachorro atropelado. O Dr. Carriker recebeu uma chamada para recolher e sacrificar o animal, que estava agonizante, de acordo com os relatos.

O veterinário foi buscar o cachorro em uma estrada escura, levou-o para o consultório, mas viu um estranho brilho nos olhos do animal. Em vez de abatê-lo, o Dr. Carriker tomou para si a responsabilidade de tratar dele, até a total recuperação da saúde.

Todo o tratamento do cachorro – um retriever do Labrador preto – foi filmado e registrado, inicialmente na página do Dr. Carriker no Facebook. Com os progressos obtidos, ele resolveu transferir a descrição da reabilitação para o Youtube.

Atualmente, o Vet Ranch conta com uma dezena de veterinários voluntários, além de muitos resgatadores, auxiliares e voluntários de lares provisórios. O canal no Youtube já veiculou mais de 400 vídeos com histórias de animais recuperados e é acompanhado por quase três milhões de internautas.

Postagens Relacionadas