Cachorro dança na chuva depois de meses preso no abrigo

As imagens são de alegria total. O cachorro celebra a liberdade dançando na chuva.

Assim como Gene Kelly, este cachorro tem motivos de sobra para comemorar. “I’m singing in the rain, just singing in the rain”, cantou o ator no célebre filme de 1952. Este peludo dança na chuva para celebrar a liberdade, depois de meses preso em um abrigo.

O cachorro foi retirado de um abrigo por voluntários do Forgotten Dogs Rescue (FDR), uma entidade sem fins lucrativos sediada em Olympia (Washington, noroeste dos EUA) especializada na realocação de cães abandonados – especialmente pitbulls e mestiços da raça.

Cachorro dança na chuva depois de meses preso no abrigo

Rambo – este é o nome do cachorro dançarino – tinha sido encontrado perambulando nas ruas de Kennewick, uma cidade de 50 mil habitantes próxima à divisa entre os estados de Washington e Oregon.

Rambo e sua história

O que a equipe do Forgotten Dogs Rescue (“resgate dos cães esquecidos”, em tradução livre) não sabia é que o mestiço de pitbull retirado do “corredor da morte”, que foi levado para viver provisoriamente com uma família responsável e amorosa, comemoraria a liberdade em alto estilo.

Nos EUA, os animais abandonados ou entregues em abrigos oficiais podem ser abatidos se ninguém manifestar interesse por eles e a execução pode ocorrer em 72 horas: quase todos os cães e gatos resgatados acabam sendo abatidos.

O FDR defende que todos os animais têm direito à vida e, por isso, tentam retirar o maior número possível de peludos dos locais que praticam a eutanásia. Rambo, o mestiço de pitbull, foi acolhido a tempo e encaminhado a uma família de Seattle.

O abrigo em que Rambo foi isolado não pratica a eutanásia, mas mantém os animais até que seja aberta uma “vaga” em outro local. O cachorro foi mantido durante 175 dias – quase seis meses – em uma jaula, sem nem ao menos ter o direito de um banho de sol diário.

Cachorro dança na chuva depois de meses preso no abrigo

Depois que foi retirado do abrigo, ficou definido que o peludo teria de passar por um curto período de adaptação com um treinador, para se socializar e aprender diversas habilidades. Trata-se de um lar provisório, para o cachorro reaprender a viver em sociedade.

Quando o mestiço chegou ao novo local de moradia, estava chovendo muito. A tempestade, no entanto, não foi suficiente para deter o cachorro. Provavelmente, Rambo percebeu que estava finalmente em liberdade e começou a correr de um lado para outro assim que chegou à propriedade.

A estranha dança na chuva de Rambo sensibilizou a equipe do FDR e a família temporária do mestiço. Ele estava muito feliz e fazia questão de demonstrar isso. O peludo correu pelo gramado, sujou-se completamente, ficou encharcado, mas exultante.

Os tutores provisórios de Rambo registraram a dança na chuva de Rambo e enviaram o vídeo para o FDR. Uma das voluntárias, Julie Saraceno, disse: “Chorei lágrimas de felicidade quando a sua mãe temporária transmitiu o vídeo. Logo na chegada ao novo lar, ele mostrou alegria absoluta nos olhos”.

Cachorro dança na chuva depois de meses preso no abrigo

O depoimento foi dado ao The Dodo. “A sensação de liberdade foi maravilhosa de assistir, ele é um cara maravilhoso”, completou Julie.

Rambo está muito feliz. Em poucos instantes, ele deixou um cubículo de concreto no canil e, depois de uma curta viagem de carro, encontrou um mundo totalmente novo: um quintal recoberto de grama, com espaço para fazer o que quisesse. O cachorro mal podia acreditar nos seus próprios olhos.

A família provisória contou ainda que o cachorro tem uma exuberância que transparece no olhar. Rambo adora brincar com outros cães e gatos, mas, apesar do excesso de energia – a mesma que o fez dançar na chuva, de tanta alegria –, ele também está sempre disposto a se aconchegar no sofá e tirar uma soneca ao lado da nova família.

O mestiço de pitbull continua procurando uma família definitiva, um lar para finalmente “chamar de seu”. Ele está muito bem ajustado, é amoroso e obediente. O FDR está selecionando candidatos, que podem visitar Rambo em seu lar temporário e conferir as habilidades que tornam este peludo tão maravilhoso.

Enquanto isso, a equipe do FDR continua localizando pitbulls e assemelhados abandonados em todo o noroeste dos EUA. Uma das principais atividades da ONG é conscientizar os amantes de animais sobre a importância dos lares temporários na alocação de cães e gatos.

Postagens Relacionadas