Cachorro resgatado machuca a cauda em “crise de felicidade”

Por: em

Feliz por encontrar uma nova família, cachorro machuca a cauda ao abaná-la com muita força.

Benny é um bull mastiff de dez anos que está muito feliz por ter encontrado uma nova família. Desta vez, o cachorro tem certeza de que conseguirá “viver feliz para sempre”. A felicidade da união com os novos tutores foi tanta, que o animal acabou machucando a cauda na festa que fez, por abaná-la muito e com muita força. 

Seguir Cães Online no Facebook

O final da história é divertido e merecido. Mas, para chegar até ele, Benny passou por poucas e boas. O cachorro sofreu castigos físicos durante um longo período, até o dia em que conseguiu um pouco de paz, graças a uma equipe de resgate do noroeste da Inglaterra. 

cachorro-machuca-a-cauda-em-crise-de-felicidade
IMAGEM RSPCA

O resgate 

Benny é um cão sênior que vivia no Distrito de Wirral, na zona portuária de Liverpool. Ele vinha sendo abusado por seu antigo tutor, até que um vizinho, inconformado com os maus tratos, conseguiu registrar em vídeo a conduta desumana e criminosa. 

Com a denúncia formal – maltratar animais domésticos é considerado crime na Grã-Bretanha –, um oficial da RSPCA (Royal Society for The Prevention of Cruelty to Animals) foi até a residência para retirar a tutela e confiscar o cachorro. 

A RSPCA é uma associação que atua na Inglaterra e no País de Gales, com o objetivo de promover o bem-estar dos animais. A cada ano, a entidade investiga cerca de 300 casos de abusos e maus tratos nos dois países. Atualmente, mais de 1.500 pessoas trabalham diretamente para esta sociedade filantrópica. 

Anthony Joynes, investigador da RSPCA responsável pela equipe de resgate, verificou inicialmente que Benny estava muito ansioso. Os veterinários da entidade identificaram ferimentos recentes e antigos nas pernas, patas e abdômen do cachorro. 

Eram feridas de pressão, causadas por agressões diretas pelo contato reiterado com o chão duro – Benny dormia no chão e tinha quase nenhum espaço para se exercitar. Joynes acredita que o tutor usava intimidação e abuso para mostrar “quem é o chefe da matilha”. 

cachorro-machuca-a-cauda-em-crise-de-felicidade
IMAGEM RSPCA

Aparentemente, o antigo tutor direcionou toda a sua agressividade contra Benny. Face ao tratamento cruel e degradante, até mesmo os policiais que acompanharam o resgate puderam verificar que o cão estava aterrorizado com a simples presença de humanos nas proximidades. Benny estava muito traumatizado. 

Levado ao abrigo da RSPCA, Benny foi submetido a tratamentos veterinários e reaprendeu a conviver com humanos. Durante dois meses, ele permaneceu sob os cuidados dos adestradores, para readquirir a confiança e a lealdade características dos cachorros. 

Finalmente, Benny foi adotado por uma nova família. Sophie Eleanor e Luís Estrada vieram de Manchester, cidade próxima a Liverpool, para levar a bull mastiff a uma casa repleta de amor, afeto e respeito. 

Os cães da raça bull mastiff são descritos como inteligentes, protetores, fortes e poderosos. São considerados ideais para a convivência com famílias, mas, por terem sido desenvolvidos para a caça e por ser causa do porte (são cachorros molossoides, que atingem até 70 cm de altura na cernelha), eles podem se revelar agressivos e violentos, caso não sejam adestrados e socializados. 

cachorro-machuca-a-cauda-em-crise-de-felicidade
IMAGEM RSPCA

É provável que o antigo tutor de Benny não soubesse o que fazer para garantir o equilíbrio e o respeito necessários para uma boa convivência entre humanos e caninos. Isto não retira a responsabilidade pelos abusos, mas demonstra que é preciso avaliar as características da raça antes da adoção. 

A nova mãe de Benny disse ao Echo (jornal inglês): “Benny se adaptou de forma brilhante e agora é um cachorro feliz. Na verdade, só agora ele pode se sentir muito feliz. Depois que chegou em casa, os veterinários tiveram de amputar a cauda, porque ele a abanava com muita força sempre que via alguém da família”. 

Benny realmente está feliz. Ele faz longas caminhadas diariamente e adora nadar e mergulhar. Com dez anos de idade, ele revela estar saudável e equilibrado. A única exceção foi a cauda, que teve de ser sacrificada para não atrapalhar a alegria deste peludo. 

A história de Benny foi destaque em um episódio do “The Dog Rescuers”, programa da RSPCA transmitido pelo channel Five (canal 5) da Inglaterra, em junho de 2021. Os episódios estão disponíveis no site da entidade

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News