Cachorros azuis são encontrados na Rússia e motivo é preocupante

Por

Alguns cachorros de rua da Rússia estão ficando azuis. Entenda por que esse não é um bom sinal.

Uma matilha de cães de rua na Rússia está viralizando nas redes sociais. O motivo é que os cachorros estão ficando azuis. Na imprensa, as primeiras notícias surgiram no Daily Mail, um tabloide britânico conhecido por disseminar fake news, mas as imagens estão sendo curtidas e compartilhadas no mundo inteiro.

As fotos foram postadas por um morador de Dzerzhinskoye, um vilarejo no centro da Rússia. Os cachorros estavam próximos às instalações da Orgsteklo, uma empresa do ramo petroquímico. O galpão era usado para a produção de ácido cianídrico, mas está oficialmente desativado há seis anos.

As primeiras imagens dos cachorros azuis foram publicadas na VK, a rede social mais popular da Rússia, com mais de 400 milhões de perfis cadastrados. Apesar de ser praticamente desconhecida no Ocidente, a VK está disponível em 86 idiomas. No início do fevereiro de 2021, as fotos já haviam invadido o Twitter e o Instagram.

cachorros azuis na russia
Foto: Anastasia Makarycheva/Reuters

O resgate dos cachorros

Os cachorros azuis foram resgatados e conduzidos a uma clínica veterinária em Nijni Novgorod (antiga Górki, durante a União Soviética e o regime socialista), a 400 km da capital Moscou. Dzerzhinskoye não tem recursos para atender os animais.

De acordo com os veterinários, os primeiros resultados não demonstraram alterações significativas. O chefe da clínica onde os cachorros azuis foram examinados, Ilya Kazakov, informou que não foram identificadas alterações bioquímicas no sangue dos animais.

Os cachorros azuis estavam famintos e com muita sede. A desnutrição e a desidratação, no entanto, não chega a ser motivo de grande apreensão, uma vez que estamos em pleno inverno russo, com temperaturas negativas na maior parte do tempo.

A população de Nijni Novgorod e da vizinhança demonstrou grande interesse pelos cachorros azuis, mas, até o momento, nenhum deles foi adotado. Os animais devem ser esterilizados antes de serem encaminhados para novos lares.

cachorros azuis na russia
Foto: Redes Sociais

A explicação

Os cachorros podem estar ficando azuis na Rússia em função do contato com algumas substâncias químicas. Tanto o ácido cianídrico quanto o sulfato de cobre, que também foi utilizado nas atividades da Orgsteklo, são azulados à temperatura ambiente.

A empresa foi à falência em 2015, mas parte do material usado na produção de derivados de petróleo pode ter sido deixada para trás. De acordo com a agência RIA Novosti, que veicula notícias sobre a Rússia e a Comunidade dos Estados Independentes, situações semelhantes já ocorreram no passado.

O repórter da RIA Novosti Andrey Mislivets afirmou, no site, que “provavelmente os cães acharam restos de sulfato de cobre ou de ácido cianídrico misturados na neve e rolaram sobre ele. Eles devem ter encontrado por aí. Não há nenhum controle”.

As duas substâncias são altamente tóxicas. O ácido cianídrico já foi usado inclusive como armamento químico. O mais provável, no entanto, é que os restos do ácido já devem estar degradados, mas o sulfato de cobre pode contaminar o solo e reservas hídricas.

Provavelmente, os cachorros azuis apenas se esfregaram em restos de substâncias químicas, já que não há traços na corrente sanguínea – pelo menos de acordo com a clínica veterinária que avaliou os animais.

cachorros azuis na russia
Foto: Redes Sociais

A ingestão do ácido ou do sal, de acordo com Kelly O’Meara, vice-presidente da Humane Society Internacional, em entrevista à revista americana Newsweek, pode causar dor intensa, alergias de pele e hemorragia interna, inclusive causando a morte.

As autoridades sanitárias russas já se pronunciaram oficialmente, afirmando que irão acionar judicialmente os antigos proprietários da fábrica de Dzerzhinskoye. É possível que outros cachorros de rua tenham entrado em contato com as substâncias.

O principal risco é que as substâncias responsáveis pela coloração azul dos cachorros sejam absorvidas pelos lençóis freáticos e contamine as fontes hídricas da região. Muitas indústrias químicas estão instaladas no entorno de Nijni Novgorod.

Dzerzhinskoye – o local em que os cachorros azuis foram encontrados – é uma área agrícola e os cursos d’água que cortam a vila são afluentes do rio Volga, um dos maiores da Rússia, responsável pelo abastecimento de todo o oeste do país – onde estão, por exemplo, cidades como Moscou e São Petersburgo.