Canoístas resgatam cadela perdida em rio e salvam sua vida

Por: em

Um grupo praticava canoagem quando avistou e resgatou uma cadela perdida no rio. 

Em 09.07.21, um grupo de canoístas que treinava no rio Chariton, próximo a Centerville (Iowa, EUA), encontrou uma cadela perdida. As remadas e o treino foram imediatamente interrompidos para resgatar o animal, que parecia perdido e estava muito assustado. 

Ao observar a cachorra, os canoístas perceberam logo que se tratava de uma emergência. Os amigos deixaram o treino e as belas paisagens do Iowa para socorrer a cadela, que se mantinha praticamente imóvel na beira do rio. 

O resgate 

No trecho em que a cadela foi avistada, a correnteza do rio Chariton é muito forte, especialmente no verão (do hemisfério norte). Se os canoístas não tivessem encontrado o animal a tempo, provavelmente ele teria sido levado pelas águas. 

Canoistas-resgatam-cadela-em-rio
IMAGEM TIKTOK

Quando o grupo finalmente se aproximou, pôde notar que a cadela tinha uma identificação na coleira. Os canoístas descobriram que o animal se chama Ethyl – trata-se de uma cadela da raça boxer, de dez anos de idade, uma jovem senhora de acordo com os padrões caninos. 

canoistas-resgatam-cadela-em-rio-2
IMAGEM TIKTOK

E foi graças à etiqueta de identificação que o grupo conseguiu entrar em contato com a família de Ethyl, que estava desaparecida já há seis dias, desde o 4 de Julho, data em que é comemorada a Independência dos EUA. 

Depois de alguns dias apavorada e faminta, Ethyl teve a sorte de encontrar o grupo de aventureiros, que, descendo as corredeiras do rio Chariton, nunca poderia imaginar que faria parte de um resgate dramático que, felizmente, teve um final feliz. 

Jessica Rose, que participa do grupo de treinos em caiaque, teve a ideia de registrar todas as etapas do salvamento da cadela. Ela gravou as imagens desde o momento em que Ethyl foi avistada até o embarque do animal em uma das canoas. O vídeo foi postado nas redes sociais e já recebeu centenas de curtidas e compartilhamentos. 

Canoístas resgatam cadela perdida em rio e salvam sua vida
IMAGEM TIKTOK

Ethyl sobreviveu ilesa à fuga e às aventuras que certamente vivenciou nos dias em que ficou perdida. Ela voltou para os braços dos tutores apenas cansada – e infestada por dezenas de carrapatos. Ela também estava faminta, mas teve de esperar até chegar em casa para saciar a fome, porque os remadores tinham apenas salgadinhos nas mochilas. 

A cadela, apesar de muito assustada por ter passado dias fora de casa, embarcou tranquilamente na canoa que a levou de volta para os tutores. Ela parecia entender que estava a salvo, sendo transportada de volta para a segurança do lar. 

Jessica registrou também o reencontro de Ethyl com a família. Quando foram notificados, os tutores estavam em um casamento, mas o filho do casal foi rapidamente para o ponto de encontro. A cadela estava feliz e parecia muito agradecida aos salvadores. 

canoistas-resgatam-cadela-em-rio-4
IMAGEM TIKTOK

Fogos de artifício 

Tradicionalmente, os americanos celebram o Dia da Independência do país com a queima de muitos fogos de artifício, além das festas, o 4 de Julho é conhecido como o terror dos cachorros americanos, que se apavoram com o excesso de barulho e de luzes. 

Ethyl desapareceu de casa na noite de 03.07, justamente quando começaram as queimas de fogos. É possível mensurar o medo intenso que a cadela sentiu, longe de casa, exposta ao barulho e às luzes e brilhos que se espalhavam pelo céu de Iowa. 

Este será um feriado recordado por muito tempo pelos remadores, pela família e principalmente por Ethyl, que está sã e salva, de volta ao lar e em segurança – pelo menos, até a final do próximo campeonato ou as festas de réveillon, quando os fogos de artifício e o barulho amedrontador voltarem para aterrorizar os cachorros.