Cão desaparecido volta para casa e toca a campainha para avisar que chegou

Por: em

Ele estava desaparecido e, quando voltou para casa, tocou a campainha para alertar a família.

O caso aconteceu no final de junho de 2021, em Greenville, uma cidade de 60 mil habitantes situada na costa leste dos EUA, na Carolina do Sul. Um cachorrinho, assustado com o barulho dos fogos de artifício, escapou de casa, deixando a família preocupada.

Seguir Cães Online no Facebook

Rajah – este é o nome do cachorro – escapou da casa e da vizinhança, atormentado pelos sons das festividades pelo aniversário da Independência americana, celebrado em 4 de Julho. Ele sumiu no final da tarde e permaneceu pelas ruas até a madrugada seguinte.

cao-volta-para-casa-e-toca-a-campainha
CRÉDITO: SWNS

Fuga e retorno

A tutora de Rajah, Mary Lynn, em entrevista a South West News Service (SWNS), disse apenas ter percebido que a vizinha estava soltando fogos de artifício e logo imaginou que a cadelinha ficaria assustada. Ela se dirigiu ao quintal da casa, mas encontrou apenas o outro cachorro da família: Rajah havia desaparecido.

Mary fez uma postagem sobre o assunto no Facebook. Em seguida, a jovem e o marido, Ryan Lynn, percorreram de carro as ruas do bairro, sem identificar sinais de Rajah, que tem um ano e meio de idade. O casal também pediu ajuda de vizinhos e amigos, na tentativa de encontrar o cachorro.

A busca infrutífera foi encerrada apenas na madrugada de 27 de junho. Foram quase oito horas de procura e de contatos para descobrir onde Rajah poderia ter se escondido. Definitivamente, o cachorro não gosta de fogos de artifício.

Em casa, antes de se recolher, o casal começou a anotar os números de telefone dos abrigos de cães de Greenville, para ligar na manhã seguinte em busca de informações, quando a campainha tocou. Mary e Ryan imaginaram que poderia ser alguém com notícias de Rajah, acionaram o monitor da câmera de segurança e logo correram para a porta.

Não era um humano quem estava tocando a campainha. Era o próprio cachorro: ele voltou para casa e estava aflito, mas passou a saltar de felicidade quando reencontrou os tutores. Além de tocar a campainha, Rajah colocava-se de frente à câmera de segurança, mostrando o rosto para ser identificado.

cao-volta-para-casa-e-toca-a-campainha
CRÉDITO: SWNS

Ele não apenas encontrou o caminho de volta, como também anunciou a própria chegada, com o toque da campainha e as imagens no monitor. Foi uma grande surpresa, uma vez que Rajah não demonstrava saber para que servem esses dispositivos.

cao-volta-para-casa-e-toca-a-campainha-2
CRÉDITO: SWNS

A tutora afirmou à reportagem da SWNS não ter ideia de como Rajah aprendeu a tocar a campainha. Ele nunca foi ensinado e não tem o costume de sair para a varanda e o jardim da casa – apenas o quintal é área de livre acesso para os cachorros.

Como a cerca em frente à casa é baixa, os cães nunca ficam no jardim sozinhos e, quando saem pela porta da sala e a varanda, é para embarcar no carro – normalmente, para ir ao veterinário ou a um passeio. Rajah nunca deve nem sequer ter visto alguém tocar a campainha ou posicionar o rosto para identificação.

Rajah voltou para casa ansioso e um pouco aflito. É possível que ele tenha acreditado estar em apuros, já que saiu sem autorização e sem a companhia dos tutores. Nas primeiras horas do retorno, ele se mostrou inquieto e até mal-humorado, mas a alegria de Mary e Ryan acabou contagiando.

O casal Lynn não tem ideia dos locais por onde Rajah perambulou enquanto esteve “fugitivo”. Ele voltou para casa sujo, com alguns espinhos enroscados no pelo, mas não se machucou durante a aventura. Aparentemente, depois do medo dos fogos, Rajah acabou se divertindo, brincando de ser “born to be free”.

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News

Veja o vídeo: