Cãozinho abandonado esperou por 2 semanas na porta por sua família que mudou de casa sem levá-lo

Por: em

Ele foi abandonado à própria sorte, mas este cachorro mostrou lealdade, esperando a família por semanas. 

O abandono de animais é uma crueldade – e um crime em várias partes do mundo (inclusive no Brasil). Cupido é mais um cachorro que entrou nas estatísticas: os tutores se mudaram de casa e deixaram-no para trás. A história triste, por outro lado, revela uma das melhores características dos peludos: ele ficou esperando a família durante semanas, na chuva e no sol. 

Seguir Cães Online no Facebook
cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

Contudo, a história deste Cupido sem asas tem um final feliz: uma entidade de defesa dos animais foi acionada, resgatou o cachorro da casa vazia e providenciou um novo lar para ele, desta vez com uma família responsável. 

A mudança 

Os vizinhos relataram que Cupido estava bastante empolgado com a mudança. Ele corria de um lado para outro, vendo móveis serem transportados e utensílios serem encaixotados. Parecia um dia de festa para o cachorro. 

cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

Toda essa animação, no entanto, ocultava um projeto triste: o peludo não estava nos planos para a nova casa que a família tinha traçado. Depois que o caminhão levou os últimos pertences, a família entrou no carro e deixou Cupido para trás. 

Acostumado a viver com humanos, Cupido não sabia procurar alimentos nem abrigo. Ele também não tinha para onde ir – quando saía de casa, era apenas para um passeio rápido. O cachorro, mesmo assim, manteve-se firme em seu posto, esperando os tutores, que, naquela mente canina, deveriam estar por perto. 

O abandono 

Cupido é um cachorro marrom adorável, que vivia com a família em Harrisburg, no Estado da Pensilvânia (nordeste dos EUA). Ele tinha tudo de que precisava, mas, quando os parentes se mudaram de casa, eles ignoraram que o peludo integrava o grupo familiar. 

cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

Todos os cachorros, mesmo os de pequeno porte, possuem um forte instinto de guarda e defesa – e Cupido não é diferente. Apesar de não conseguir entender o que tinha acontecido, ele sabia que precisava continuar cuidando do patrimônio, para quando os tutores voltassem. 

Ele permaneceu junto à porta de casa, fiel às suas obrigações. Para enganar a fome, Cupido começou a procurar restos de comida nas latas de lixo da vizinhança. A lealdade e perseverança do cachorro chamou a atenção dos moradores do bairro. 

O resgate 

Os vizinhos começaram a oferecer alimento para Cupido, que ficou durante meses decidido a não se afastar do lugar que ele conhecia como lar. Com o tempo, no entanto, alguém considerou que ele merecia um tratamento melhor. 

cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

O resgate de animais Speranza, situado em Mechanicsburg (distante 12 km de Harrisburg), foi acionado para resolver o problema. Uma equipe se deslocou rapidamente até a casa em que Cupido continuava montando guarda. 

O cachorro, no entanto, não queria se afastar do local. Apesar dos meses de solidão, ele continuava esperando a volta dos tutores. A fundadora do Speranza, Janine Guido, conseguiu, no entanto, atraí-lo e confortá-lo. 

Chegava o momento de virar a página e dar início a um novo capítulo na vida. O cachorro ainda resistiu à abordagem: ele se recusava até mesmo a aceitar o alimento que era oferecido. Para Cupido, aqueles estranhos estavam “invadindo” o lar da sua família. 

cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

Janine registrou, na página do Speranza no Facebook: 

“Ele voltou à varanda, afastando-se de nós, fugindo e se escondendo. Eu decidi conversar com ele, dizer que estava ali para ajudar. Nós queríamos tirá-lo da rua e aquele não era mais um lar, apenas uma casa vazia. Cupido pareceu ter entendido. Ele parou de tentar escapar e ficou sentado. Foi assim que conseguimos capturá-lo.” 

Depois de uma “missão quase impossível”, a equipe do Speranza finalmente conseguiu levar Cupido para o abrigo. Ele foi avaliado pelos veterinários, recebeu alimento, banho e um cantinho para descansar. Ele estava triste e abatido, mas em boas condições de saúde. 

Janine também fez uma postagem nas redes sociais, dirigida especificamente à família de Cupido, que, independentemente dos motivos, não poderia ter deixado o animal abandonado, sem água nem comida: 

“Isto é o que o seu cachorro faz, quando você se muda e o deixa para trás. Hoje, eu recebi uma chamada a respeito do seu cachorro. Ele continua rodeando a casa, desde que vocês o deixaram para trás. Na maior parte do tempo, ele fica na varanda, guardando a casa e esperando o retorno. Quando nós o acolhemos, ele estava comendo lixo – e tentou fugir de nós, para continuar guardando a casa em que foi abandonado: ele arranhava a porta freneticamente, tentando entrar e ficar em segurança.” 

cao-abandonado-em-mudanca-espera-a-familia

Cupido permaneceu triste por muitos dias, mas lentamente começou a reconhecer os funcionários do abrigo e a recebê-los com um sorriso e a cauda abanando. Ele ainda estava confuso, mas a equipe do Speranza sabia que ele devia seguir em frente. 

Depois das postagens, nada menos do que 50 famílias americanas entraram em contato com o abrigo, disponibilizando-se para receber Cupido em casa. Ele precisou ainda de um tempo de adaptação, mas finalmente encontrou tutores carinhosos e responsáveis. A esperança do abrigo é que, desta vez, seja para sempre. 

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News