Cãozinho nasceu com um pequeno problema na boca e luta para conseguir um lar amoroso

Por: em

Fig Newton nasceu muito pequenino e com um defeito na boca, conhecido como palato fendido. Por causa disso, seu “criador” não o quis mais e o enviou para um abrigo chamado Fred’s, na Califórnia. Este lugar é conhecido por ter muita experiência com animais de estimação que possuem necessidades especiais.

Cãozinho nasceu com um pequeno problema na boca e luta para conseguir um lar amoroso
Quando ainda era bebê já era bonitão.

O início foi complicado. Fig estava sempre doentinho e depois que ele cresceu, outros problemas foram aparecendo. Fig não era muito comportado e a ansiedade se mostrou forte. Os voluntários do abrigo passaram trabalho para domesticá-lo, mas nenhum deles tinha a menor intenção de desistir de Fig Newton.

Cãozinho nasceu com um pequeno problema na boca e luta para conseguir um lar amoroso
Já na adolescência.

Desde então já se passaram mais de dois anos. Atualmente, com três anos de vida, Fig evoluiu muito no seu comportamento. Ele se transformou em um cão amigável, doce e brincalhão. Apesar disso, Fig não conseguiu um lar para morar. Talvez pelo probleminha na boca que impede que ela se feche normalmente, Fig sempre fica para trás e não é escolhido por possíveis adotantes. Os voluntários se sentem tristes por Fig, pois sabem que ele tem todas as condições de ser a alegria de uma casa.

Cãozinho nasceu com um pequeno problema na boca e luta para conseguir um lar amoroso
Olha como ele é charmoso atualmente!

Fig está em um abrigo sem fins lucrativos e infelizmente a manutenção dele tem se tornado cara. Como Fig já é um cão adulto, os filhotes acabam passando na frente.

Segundo Rachele Keech, Diretora e Fundadora da Fred’sFriends, a casa ideal para Fig seria onde ele fosse o único cão. Ele também poderia ter como companheiro um cão mais velho e educado para seguir seu modelo de comportamento.

Cãozinho nasceu com um pequeno problema na boca e luta para conseguir um lar amoroso
Fazendo carão. Muito charme para a foto.

Já casas com gatos ou animais pequenos não é aconselhável, pois Fig pode confundi-los com brinquedos. Rachele tem certeza que com a família certa, Fig será muito feliz.