Voluntários de uma organização de resgate de animais têm uma surpresa ao salvar uma mamãe com seus bebês.

Audrey e Eldar Agar fazem um trabalho muito bonito no resgate de animais abandonados. Vez ou outra eles se deparam com histórias realmente emocionantes e difíceis de esquecer. Após os resgates, os animais são cuidados até ficarem fortes o bastante para serem adotados por uma família carinhosa e com muito afeto para dar.

A história que você vai conhecer agora é comovente como todas as outras, mas se não fosse o empenho e dedicação de Audrey e Eldar, o final seria muito triste.

lexus-pitbull-1

Tudo começou com um chamado que a organização recebeu durante a noite. Uma pitbull abandonada havia dado cria em um quintal de uma casa vazia. A situação era lamentável e de risco, conforme a informação recebida por telefone. Ao chegarem ao local indicado, duas voluntárias, Lisa e Mônica, cercaram a área com cercas temporárias para oferecer mais segurança ao animal e para ela também não tentar fugir.

O trabalho foi um pouco difícil. A cadela estava arisca e amedrontada, ainda que não oferecesse riscos ao pessoal do resgate. No final, com palavras carinhosas dos voluntários, ela permitiu que a tocassem e lhe fosse posta a coleira.

lexus-pitbull-2

Os quatro filhotinhos estavam dentro de um buraco e precisavam também ser socorridos. Um deles não teve a mesma sorte que os irmãos e foi encontrado sem vida.

A pitbull foi chamada de Lexus e juntamente com seus filhotes levada para a organização de resgate. Lá receberam tratamento para eliminar as pulgas e cada um tomou um banho especial.  Porém, depois de estar limpinha, Lexus começou a apresentar um comportamento esquisito. Seus gemidos assustaram os voluntários. Submetida a uma ecografia, os veterinários descobriram uma tampa de garrafa no seu estômago. Para não submetê-la a uma cirurgia de emergência, foi tentado o método de indução ao vômito.

lexus-pitbull-3

Finalmente o objeto foi expelido e Lexus, a partir daí, começou a se recuperar, o mesmo ocorrendo com seus filhotes. Se não fosse o trabalho especial que os voluntários da organização desenvolvem com tanto comprometimento, Lexus e seus cãezinhos engrossariam a estatística de animais de rua e, provavelmente, esta história teria um final nada feliz. Todos foram adotados tempos depois.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui