Uma medida muito bacana tem ajudado a cães que sofreram maus tratos se tornarem mais sociáveis.

Cães abandonados e que passaram por maus tratos tendem a evitar as pessoas, gerando um comportamento que pode dificultar uma possível adoção. Pensando nisto e para propiciar que cães sem tutores passem a interagir com as pessoas antes de encontrarem uma nova casa para viverem, foi criado o Programa Amigos da Leitura. Esta ideia genial está beneficiando muitos animais da Human Society Missouri, um abrigo para cães. A proposta? Levar crianças até o local para lerem histórias para os cães. Segundo o diretor do Programa Jo Klepacki, a intenção é que os cães que são ariscos percam a timidez e o medo, sem haver necessidade de uma aproximação física. O pontapé inicial foi dado no Natal de 2015, mas o objetivo é oferecer o projeto uma vez por mês.

criancas-lendo-caes-abandonados

Crianças com idade de seis a quinze anos estão aptas a se inscrever via online para o programa. No curso de dez horas de duração, elas são treinadas a ler a linguagem corporal dos animais e assim entender em quais situações os cães estão estressados ou ansiosos.

A ideia é que o animal tímido e medroso vença sua resistência inicial e passe a interagir com as crianças, tornando-os preparados para a adoção. Mas não apenas os mais arredios que são beneficiados com as leituras. Os mais ativos e com muita energia para gastar se tornam mais calmos. A resposta tem sido incrível.

Para as crianças envolvidas no Programa também é um estímulo. Além de aperfeiçoarem a leitura, há muito mais. Ao ver o medo nos olhos dos cães e o poder que o ato de ler exerce sobre eles, os pequenos percebem que um simples gesto pode ajudar imensamente.

No futuro, Jo Klepacki pretende expandir sua bela ideia também para gatos. O resultado tem sido tão positivo que alguns filhotes já foram encaminhados para novos lares. Assista ao vídeo abaixo e veja que trabalho incrível as crianças estão fazendo:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here