Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Por: em

Há dois anos Tina Wismar perdeu seu cão de estimação, Perry, por velhice. E por algum tempo ela não se sentiu em condições de adotar mais nenhum bichinho.

Contudo, um dia Tina decidiu fazer uma visita ao abrigo East Coast Claws ans Paws. Tudo o que ela queria era olhar e brincar com os cachorrinhos. Só não imaginava que acabaria levando dois para casa de uma vez só.

Seguir Cães Online no Facebook

Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Foi tudo muito rápido. Tina mal pôs os olhos em dois filhotes, Juno e Jordan, e se apaixonou. Segundo ela, os dois irmãos abusavam da fofura e logo quiseram brincar.

Ambos os bebês haviam sido os únicos sobreviventes de uma ninhada. A mãe não conseguiu tomar conta deles e os pobrezinhos tiveram que ser alimentados com mamadeiras. Desta forma, Juno e Jordan cresceram muito unidos. Todas as coisas que faziam eram juntos, simplesmente não se desgrudavam. Era muito divertido vê-los brincar.

Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Tina já tinha a resposta pronta para os voluntários do abrigo quando perguntada qual dos dois cachorrinhos ela levaria para casa. Tina foi direta: os dois.

Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Apesar da empolgação de Tina, o seu marido não compartilhou de tanto entusiasmo. Ele considerava que adotar dois filhotes brincalhões ao mesmo tempo seria bem mais complicado. Tina não quis abrir mão. Juno e Jordan eram adoráveis demais e se amavam tanto que separá-los seria doloroso.

Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Já nos primeiros dias de convivência, Tina percebeu que os dois cães apresentam personalidades bem distintas. Enquanto um é mais descontraído, o outro é mais amoroso. Isto não interfere em absolutamente nada na convivência entre ambos. Ainda segundo Tina, os dois são uma combinação perfeita e adorável. A vida em família não seria a mesma sem a presença de Juno e Jordan.

Dois filhotes, dois melhores amigos. Quem teria coragem de separá-los?

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News

Agora os dois cães são adultos e continuam alegrando a casa com suas travessuras. Tina e o marido não desejam outra coisa a não ser a companhia de Juno e Jordan.