Família surpreende garoto com a cachorra que havia se perdido

Por: em

Ela desapareceu nas férias. Mas foi levada à escola para surpreender um garoto, que não conteve as lágrimas. 

Piper é uma pug de dois anos que ama incondicionalmente todos os membros da família. Mas a cachorra tem predileção por Carter Licata. Piper desapareceu durante as férias da família. Recuperada, ela foi até a escola do irmão para surpreendê-lo. O reencontro foi emocionante. 

familia-surpreende-garoto-com-a-cachorra-perdida

Carter é um garoto que vive em Nova York (EUA), no Condado de Genesee County. Aquele seria mais um dia de aula normal, mas uma surpresa o aguardava na saída da escola: Piper havia sido encontrada e estava ansiosa por vê-lo. 

A perda 

O garoto perdeu Piper no Dia de Ação de Graças, um dos feriados mais celebrados nos EUA. A família deixou-a sair para ir ao banheiro, mas ela alcançou a rua e não conseguiu encontrar o caminho de volta para casa. Não é necessário descrever o estado de ânimo que se abateu sobre a família Licata. 

As redes sociais dos membros da família Licata foram usadas para postar alarmes sobre a perda da cachorrinha. Carter e seus pais divulgaram fotos com a descrição de Piper, na esperança de que algum vizinho a tivesse encontrado e acolhido. 

familia-surpreende-garoto-com-a-cachorra-perdida
FACEBOOK/APRIL LICATA

Felizmente, a pug foi resgatada duas semanas depois, no dia 3 de dezembro. Ela havia sido encaminhada para o Genessee County Animal Shelter, que entrou em contato com a família informando que a pug estava viva e bem de saúde. 

A mãe de Carter, April, foi buscar a cachorra imediatamente e, na volta, decidiu surpreender Carter quando foi buscá-lo na escola. O menino, de acordo com o depoimento da mãe, foi o que mais sentiu a perda da companheira de brincadeiras. 

A rede de TV WGRZ documentou o reencontro. Piper começou a abanar o rabo furiosamente assim que viu Carter se aproximando do carro da família. A reação do menino, registrada em vídeo e transmitida para todo o país, foi emocionante e surpreendente. 

Já em casa, a cachorra procurou o irmão por todos os cômodos. Pouco depois, Piper foi para a escola toda enfeitada, pronta para o reencontro com Carter, que não conseguiu conter as lágrimas quando viu a pet; esta, por seu lado, queria pular pela janela. 

O Natal da família Licata foi provavelmente o mais celebrado de toda a existência da dupla e ficará gravado na memória de todos. O retorno da cachorrinha foi o melhor presente que Carter poderia ter recebido. 

familia-surpreende-garoto-com-a-cachorra-perdida-3
CRÉDITOS: APRIL LICATA

A responsabilidade 

Fica o alerta para todos os tutores: muito cuidado ao permitir que os cachorros tenham acesso às ruas sem a supervisão de um humano adulto. Eles não conhecem a cidade, não compreendem a sinalização e, quase sempre, ficam muito assustados ao se verem perdidos, entre estranhos e automóveis barulhentos. 

Os cachorros não devem, em hipótese alguma, sair sozinhos para a rua – mesmo que estejam acostumados a ir até a casa do vizinho ou à pracinha próxima. Nos passeios diários, eles devem ser conduzidos com guia e coleira. 

Um cachorro perdido fica exposto a acidentes e brigas. Ele pode ser atropelado ou se envolver em brigas com outros animais, especialmente se não for castrado. Mas, mesmo que nada disso aconteça, os nossos peludos não estão preparados para os desafios da vida: eles não sabem encontrar água, alimento nem abrigo. 

Alguns, como foi o caso de Piper, têm a sorte de ser recolhidos e enviados para um abrigo. A maioria, no entanto, fica perdida, sem saber para onde ir – e pior, sem entender o que está acontecendo. É preciso muito cuidado.