Gato de rua conforta cãozinho abandonado que espera que sua família retorne para buscá-lo

Por: em

Um gato de rua viralizou nas redes sociais confortando um cachorro abandonado pela família. 

Um cachorro foi abandonado na periferia de Seul, na Coreia do Sul, em uma zona residencial. Os vizinhos acreditam que os tutores se mudaram e não puderam levar o peludo. Ansioso e carente, o cãozinho acabou recebendo o apoio de um gato de rua, de quem se tornou inseparável. 

Seguir Cães Online no Facebook

“Viver como cão e gato” é uma expressão que significa conflito, embate e briga. Mas esta dupla desmente o que o senso comum pensa da relação entre as espécies mais frequentes entre os animais de estimação. 

cachorro-abandonado-e-confortado-por-gato-de-rua

Animais de rua 

Os dois têm a pelagem parecida, entre o amarelo e o castanho. Felizmente, esta não é a única característica que estes peludos têm em comum. Há meses, imagens do relacionamento estão viralizando nas redes sociais – o material foi postado pelo Kritter Klub, site sul-coreano que divulga histórias de cooperação e solidariedade. 

Acredita-se que o cachorro tenha vivido com um casal de idosos, até que estes tiveram de se mudar para um asilo, e a entidade não permitia a presença de animais. Moradores do condomínio em que o animal foi avistado disseram que o casal precisou deixar o peludo para trás. Ninguém sabe ao certo, contudo, a real história do cãozinho. 

O peludo ficou perambulando pela região, sem saber o que estava acontecendo, nem para onde ir. Ele estava ansioso e carente, além de estar enregelado e faminto. Então, um gato apareceu no seu caminho, para mudar a sua trajetória. 

cachorro-abandonado-e-confortado-por-gato-de-rua

Durante vários meses, os moradores do condomínio foram testemunhas da amizade entre o cachorro e o gato. O felino aproximou-se sem medo desde o primeiro encontro, como se os dois fossem velhos conhecidos. Ele abraçou o cachorro e aparentemente decidiu tomar conta dele. 

É como se um veterano das ruas tivesse sentido pena de um novato recém-chegado. Eles estão sempre juntos, aconchegados. O gato faz questão de demonstrar carinho e parece querer defendê-lo dos perigos que espreitam. 

A reação dos animais, em relação aos humanos, era sempre muito diferente. Enquanto o cachorro tentava estabelecer contato visual, querendo encontrar respostas para a situação, o gato rapidamente se esquivava, escondendo-se. 

É mais do que o provável que o gato já tivesse vivência suficiente nas ruas para saber que humanos, em geral, não são confiáveis. Quando eles decidem trazer comida, é até possível aceitar, mas mantendo uma distância segura. 

O cachorrinho, ao contrário, demonstrava segurança na presença das pessoas. Ele deve ter passado a vida toda ao lado de humanos e nunca encontrou motivos para temê-los ou desconfiar deles. De qualquer forma, as duas reações são igualmente tristes: o gato aprendeu a desconfiar e o cachorro ainda não descobriu os perigos que os desconhecidos podem esconder. 

cachorro-abandonado-e-confortado-por-gato-de-rua

A dupla naturalmente atraiu a atenção dos humanos que moram nas redondezas. Algumas pessoas se encantaram com a amizade do cachorro e do gato. Muitos passaram a levar alimentos e agasalhos para os peludos, visando diminuir o sofrimento e o desconforto. 

O cachorro nunca quis sair das proximidades do conjunto residencial e o gato parecia totalmente disposto a fazer companhia, talvez assumindo a postura de um guardião. No último verão – a temporada das chuvas na Coreia do Sul –, observando que a dupla não dava mostras de que poderia se afastar, um dos moradores locais montou uma casinha para a dupla. 

Mas, mesmo com um teto para se abrigar, o cachorro continuava rondando o portão do prédio. Ele imaginava que os tutores poderiam voltar a qualquer momento – e precisaria estar lá para recebê-los e finalmente voltar para o conforto do lar. Quem sabe, na companhia do amigo gato. 

Durante a noite, por outro lado, o cachorro e o gato se recolhiam na casinha e dormiam abraçados, para aproveitar o calor um do outro. Eles se tornaram inseparáveis e todos se admiram da lealdade e do carinho que eles se dedicam mutuamente. 

Com a proximidade do inverno, um dos moradores locais decidiu entrar em contato com um abrigo de animais. As noites na Coreia do Sul são frias e provavelmente os animais não aguentariam uma estação gelada vivendo ao relento. 

O resgate foi finalmente acionado. Cão e gato foram recolhidos e levados ao veterinário. Felizmente, os exames revelaram que os dois animais estavam com a saúde perfeita. Agora, esta dupla de amigos está em um lar temporário, à espera de uma família que queira acolhê-los definitivamente. A equipe do abrigo quer que eles sejam adotados juntos, para não desfazer a bela amizade. 

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News

Veja o vídeo: