Ao ouvir o choro, um gato se pôs na defesa de um cachorro que estava sendo vacinado.

Cachorros e gatos são inimigos cordiais. São muitas as histórias de duplas que não se toleram, ou apenas aceitam a presença distante do colega de quatro patas. Este gato, no entanto, partiu em defesa do cachorro no veterinário.

O cãozinho foi levado à clínica em Lima (Peru), para renovar a caderneta de vacinação (palmas para os tutores responsáveis!), mas o gato entendeu a situação de outra maneira. Ao ouvir o choro, sem se importar de a “vítima ser um inimigo”, partiu com todas as garras para defender.

Gato defende cachorro sendo vacinado pelo veterinário
Imagem TikTok / @argenisperez5

O episódio

O gato em questão certamente conhecia os procedimentos utilizados na clínica veterinária. O fato ocorreu em maio de 2020 e o felino se comportou como um super-herói. Ao perceber um colega em apuros – mesmo sendo de outra espécie –, o gato não pensou duas vezes e partiu em defesa dos “fracos e oprimidos”.

O cãozinho em questão estava pronto para receber vacinas. Mas, como ele não entende nada sobre doenças, o peludo sabia apenas que teria de enfrentar agulhas – e um pouco de dor. Por isso, começou a ganir e choramingar.

O gato partiu para o ataque e demonstrou todo o poder das garras felinas na perna do veterinário, que, surpreendido com a situação, não sabia se segurava o cachorro, se defendia do ataque ou tentava expulsar o invasor. Aparentemente, o bichano já estava observando a “agressão” a distância.

No final, tudo acabou bem. O veterinário teve alguns arranhões na perna, que foram devidamente desinfetados. Mesmo com a intervenção do gato herói, o cãozinho recebeu as doses de vacinas e voltou para o aconchego e proteção dos tutores.

A defesa do cãozinho foi filmada pelas câmeras de segurança da clínica veterinária e o vídeo foi publicado na rede social Tik Tok. O post já foi acessado pelos internautas mais de 1,4 milhão de vezes. Quem tiver interesse, pode acessar a página @argenisperez5, que pertence ao assistente do veterinário.

As consultas

Os animais de estimação precisam ser levados regularmente às clínicas veterinárias. As vacinas periódicas garantem a imunização contra diversas doenças infecciosas – muitas delas fatais – e os check-ups periódicos garantem a preservação da saúde ou, se for o caso, o tratamento precoce quase sempre permite uma recuperação plena e rápida.

Isto não significa, no entanto, que os cachorros entendam a necessidade de serem levados a um estranho cheio de equipamentos frios, perfurantes, cortantes, que introduz objetos nas orelhas, narinas, boca, ânus. É uma experiência assustadora.

Felizmente, os cachorros conseguem se recuperar rapidamente de situações estressantes e não desenvolvem traumas. Mesmo assim, os tutores podem providenciar algum tipo de recompensa: eles ficarão felizes em ganhar um petisco ou um brinquedo novo e esquecerão rapidamente o “torturador”.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui