Homem arrisca a vida em incêndio para salvar sua amada cachorra

Por: em

O resgate foi registrado: um homem arriscou a própria vida, mas não deixou a cachorra para trás. Veja o vídeo…

Enquanto as chamas destruíam a residência, um homem não hesitou em voltar correndo. O motivo é bastante nobre: a cachorra da família ficou presa no incêndio. O herói atende pelo nome de José Guzmán e a vítima resgatada se chama Gabanna. 

Guzmán, residente do sul da Califórnia (EUA), tem sorte de estar vivo. Sem pensar duas vezes, ele retornou à casa em chamas, depois de ter se livrado do incêndio, para retirar Gabanna, uma cadela pitbull de dois anos. 

O incêndio 

O acidente ocorreu em Pala, uma comunidade indígena na região metropolitana de San Diego com grande número de moradores latino-americanos. O incêndio, que foi registrado em vídeo pelos moradores, atingiu diversas casas da região. O homem não se amedrontou com o perigo e não sossegou enquanto não colocou a cadela a salvo. 

Homem arrisca a vida em incêndio para salvar sua amada cachorra
Momento do resgate do cachorrinho. Créditos: Adam Guzman

À reportagem da revista People, Guzmán afirmou: 

“Eu sabia que alguma coisa poderia ter acontecido comigo ou com nós dois, mas não passou pela minha cabeça na hora. Aquela cachorra faz parte da minha família. Ela esteve conosco em altos e baixos e eu não poderia deixá-la lá. Eu faria de novo, se fosse preciso. Eu faria por qualquer pessoa da minha família”. 

Como se pode observar, Guzmán considera Gabanna como “uma pessoa da família”. A atitude do herói do dia foi bastante elogiada por internautas, depois que as imagens do resgate dramático viralizaram nas redes sociais. 

O acidente ocorreu há mais de dois anos, mas continua chamando a atenção dos internautas. As imagens do incêndio – e do resgate de Gabanna – são utilizadas como exemplo de amor e de dedicação, mas também mostram os riscos de ações impensadas. Seja como for, José Guzmán é um herói, especialmente aos olhos da cadela pitbull blue nose. 

Homem arrisca a vida em incêndio para salvar sua amada cachorra
A família de Guzman perdeu tudo no incêndio. Créditos: Roxana Martinez

Guzmán estava participando de um churrasco na casa da namorada Adriana Lopez, quando foi alertado de que um incêndio de grandes proporções estava acontecendo na quadra em que mora. O homem não se preocupou muito, pois havia acabado de sair de casa, mas decidiu conferir se estava tudo bem. 

Ele voltou para casa e, ao chegar, verificou que o incêndio havia tido início no imóvel vizinho. Naquele momento, no entanto, as chamas já haviam tomado outras casas – inclusive a de Guzmán. Ele percebeu que os bombeiros haviam ficado sem água. 

Incêndios são comuns no sul da Califórnia e o Estado americano é conhecido pela escassez de recursos hídricos – foram inclusive construídos aquedutos a partir do Alasca, para abastecer grandes cidades da região, como Los Angeles e San Francisco. 

o incêndio tomou proporções maiores porque os bombeiros tiveram de recorrer a estações próximas para abastecer os caminhões-pipa. Mas Guzmán sabia que Gabanna estava presa na casa; ele havia se mudado dois meses antes e ainda não tivera tempo para levantar um muro para impedir que a cadela escapasse para a rua. Por isso, quando ele saía de casa, ela ficava presa. 

“Eu não podia deixá-la morrer daquele jeito”, explicou Guzmán para a imprensa, depois que o susto passou. Sem pensar duas vezes, o homem passou direto pelos bombeiros e entrou na casa em chamas para resgatar o animal de estimação. 

Homem arrisca a vida em incêndio para salvar sua amada cachorra
Créditos: Roxana Martinez

Gabanna refugiou-se no banheiro da casa, o único cômodo não atingido pelas chamas. Quando Guzmán conseguiu encontrá-la, ela estava enrolada como uma bola, atrás do vaso sanitário. O tutor conseguiu liberá-la e correu para a garagem. 

Os momentos dramáticos foram registrados pelo filho do senhorio de Guzmán, Adam Guzmán (que não tem parentesco com o tutor de Gabanna). Na filmagem, o herói pode ser visto correndo em direção às chamas, apesar dos gritos de advertência dos bombeiros. 

Felizmente, poucos minutos depois, Guzmán conseguiu deixar a casa incendiada, correndo atrás da cadela. Adam disse que filmar o incêndio e o resgate foi muito emocionante: “Eu pensei que era um caso perdido.  Estava muito quente e as chamas estavam altas, não consigo imaginar alguém passando por elas. Quando ele saiu com o cachorro, foi um grande alívio”. 

Gabanna saiu ilesa do episódio, apenas chamuscada na pata e no focinho, mas Guzmán teve queimaduras de segundo grau no rosto, no braço direito e na orelha esquerda. A casa e os móveis foram completamente perdidos. 

José Guzmán passou a viver provisoriamente com a irmã, Rosana. A jovem disse à imprensa que não se surpreendeu com a atitude: “Ele é aquela pessoa que faria isso por qualquer pessoa”. Ele é um pai amoroso, um irmão amoroso, um filho amoroso”. 

Guzmán recuperou-se dos ferimentos e contou com a ajuda dos internautas, que fizeram uma vaquinha virtual no GoFundMe, para se restabelecer com a cachorra.