Homem pula cerca para “roubar” cachorro acorrentado e muito doente

Por: em

Ele viu o animal debilitado e não pensou duas vezes: pulou a cerca e “roubou” o cachorro. 

Esta história foi postada no Reddit e gerou uma intensa discussão, com milhares de internautas posicionando-se a favor e contra um homem que pulou uma cerca de arame para “roubar” um animal que parecia doente e fragilizado. O cachorro era mantido acorrentado. 

Seguir Cães Online no Facebook

O cachorro era pura pele e osso. As vértebras e costelas saltavam à vista, contando uma história prolongada de negligência e maus tratos. O autor do resgate não quis se identificar nas redes sociais, mas justificou-se: “Normalmente, eu não pulo cercas de propriedades privadas, mas fiz isso para libertar uma alma aprisionada”. 

homem-pula-cerca-para-roubar-cachorro-acorrentado-e-doente

O “roubo” 

Tecnicamente, invadir uma propriedade e subtrair um item é considerado roubo. Mas talvez o protagonista desta história seja um ladrão do tipo Robin Hood, que roubava dos ricos para dar aos pobres. Neste caso, o “pobre” era o próprio cachorro roubado. 

Cuidar da própria vida é a regra de ouro da convivência. O melhor a fazer é sempre deixar que os vizinhos decidam o que fazer, enquanto nós decidimos o que é melhor para nós. Em alguns casos extremos, no entanto, é necessário intervir. Foi o que fez este “ladrão” improvisado. 

homem-pula-cerca-para-roubar-cachorro-acorrentado-e-doente

A história foi postada pelo internauta identificado como nofx-linoleum, da rede social Reddit. Ele capturou imagens do animal que encontrou sofrendo negligências impensáveis para a maioria dos humanos que podem ser considerados normais. 

O internauta identificou, em uma propriedade cercada por alambrados, a presença de um cachorro – uma cena comum, que chama a atenção porque a maioria de nós gosta de cães. A vítima, no entanto, estava em condições deploráveis. 

O animal não conseguiria sobreviver por muito tempo em condições tão lastimáveis. O cachorro não dispunha de nada para suprir as necessidades básicas e, mesmo que quisesse, não poderia se afastar muito do cativeiro em que era mantido. 

homem-pula-cerca-para-roubar-cachorro-acorrentado-e-doente

O cachorro estava amarrado a uma haste por uma corrente de cerca de 1,5 metro, sem comida nem água por perto. O homem não pensou duas vezes: saltou sobre a cerca e aproximou-se do animal com toda a cautela, porque nunca se pode prever a reação de um animal acorrentado. 

Com certa dor no coração, o homem descobriu que o animal não estava carente apenas de alimento e abrigo, mas também de atenção e afeto. Mesmo se arrastando, sem forças para erguer o próprio corpo, o cachorro tentou se aproximar, dando sinais de docilidade. 

O herói improvisado dirigiu-se à porta da casa da propriedade e bateu, mas ninguém atendeu aos chamados. Ele se viu em uma situação difícil: poderia deixar o cachorro ali, à própria sorte, ou poderia fazer alguma coisa para tentar salvá-lo. 

homem-pula-cerca-para-roubar-cachorro-acorrentado-e-doente

Bons samaritanos não esperam pedidos de ajuda: eles avaliam o quadro que se apresenta e tomam decisões para garantir a integridade dos seres expostos a necessidades que ninguém deveria conhecer, se o mundo fosse minimamente justo. 

O internauta estava acompanhado de um amigo, que permaneceu no carro enquanto ele investigava as condições “além do muro”. Em questão de segundos, ele resolveu que o animal não poderia ficar ali, esperando a morte chegar. Chamou o amigo e, juntos, os dois “roubaram” o cachorro. 

Não se sabe exatamente onde o cachorro era mantido em condições tão longe do que pode ser considerado aceitável, ou mesmo sofrível. A conta no Reddit indica que o herói mora em algum lugar do Caribe – mas é uma região grande demais para permitir a identificação dos “ladrões”. 

Em um dos posts, o internauta se viu obrigado a explicar que não queria bisbilhotar na propriedade alheia. Na ilha em que vive, a maioria das casas é cercada apenas por alambrados, que permitem a visão de todo o terreno. Foi assim que ele pôde identificar as terríveis condições em que o cachorro era obrigado a viver. 

homem-pula-cerca-para-roubar-cachorro-acorrentado-e-doente

O cachorro foi finalmente colocado na caminhonete do herói, que o levou para casa. Não houve necessidade de carregá-lo. Mesmo sem condições de caminhar, o animal percebeu que estava sendo levado para uma condição melhor e pulou na caçamba por conta própria. 

Talvez ele tenha se sentido a salvo, em segurança. O fato é que ele adormeceu e ficou quieto durante toda a viagem. O cachorro foi chamado de Sunny (“ensolarado”, em tradução livre), um nome ideal para quem escapou das tempestades da vida. 

A polêmica 

Enquanto alguns internautas louvaram as atitudes do homem que pulou a cerca e resgatou o cachorro do cativeiro por conta própria, muitos outros condenaram a atitude. Alguns disseram que o animal devia ter uma família e não poderia ter sido subtraído dessa forma. 

A maioria, no entanto, avaliou que o caso deveria ser denunciado para as autoridades. Mesmo que o herói desejasse adotar o cachorro posteriormente, ele deveria ter seguido as regras: denunciar, aguardar o resgate, esperar a avaliação e disponibilizar-se para a adoção quando o animal estivesse liberado para tanto. 

Ele também poderia ter se oferecido para custear as despesas com um eventual tratamento médico. Afinal, não é possível saber com certeza os motivos reais pelos quais o animal estava tão debilitado. Também é possível que a família estivesse passando por necessidades e ajudar a todos – e não apenas ao cachorro – teria sido a melhor opção. 

A polêmica continua no Reddit, com internautas se posicionando a favor e contra o “roubo” do cachorro. Sem entrar no mérito dos argumentos de cada lado desta discussão, Sunny recuperou o peso e a autoestima, está vivendo uma boa vida, mas será que ele sente falta dos antigos tutores?

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News