Menino foi flagrado invadindo garagem do vizinho para “roubar” abraços da cachorra

Por: em

A câmera da residência flagra menino que invade a garagem para roubar um abraço da cachorrinha da família. 

A câmera de segurança instalada na garagem de uma moradora de Baton Rouge, capital da Louisiana (sul dos EUA), flagrou imagens de um menino invadindo o local. Ele queria “roubar” abraços da cachorra da família. 

Seguir Cães Online no Facebook

Hollie Mallet publicou nas redes sociais as cenas que mostram o garoto de nove anos deixando a bicicleta na calçada e aproximando-se rapidamente, para fazer um carinho em Dutchess (“holandesa”, em português, mas talvez seja apenas “duquesa”, com um “T” a mais na grafia). Depois dos abraços, a criança corre para a bicicleta e sai pedalando rapidamente. 

menino-invade-garagem-do-vizinho-para-abracar-cachorro

A “invasão” 

Hollie ficou surpresa com imagens da câmera de segurança. Ela decidiu publicar o vídeo no Facebook na esperança de encontrar o menino, que, acreditava, devia ser um morador da vizinhança. Na legenda, a moradora perguntou se alguém conhecia o garoto e garantiu que ele seria bem-vindo sempre que quisesse brincar com a cachorra. 

Em pouco tempo, Ginger Breaux confirmou: seu filho Josh era o “invasor” identificado nas imagens. Nos comentários, Ginger disse que o filho sempre faz comentários sobre Dutchess e, quando eles passam em frente à casa, o menino observa para ver se a amiga está à vista. 

Mas, de acordo com a mãe, ela não fazia ideia de que o menino estava “fazendo esse tipo de coisa”, acrescentou Ginger, desculpando-se previamente pelo comportamento do filho. Mesmo assim, ela afirmou sentir muito orgulho pelo amor que Josh demonstra pelos animais. 

menino-invade-garagem-do-vizinho-para-abracar-cachorro

As imagens, no entanto, não chamaram a atenção apenas dos diretamente envolvidos no “roubo de abraços”. Os posts de Hollie foram curtidos e compartilhados com dezenas de milhões de pessoas, dentro e fora dos EUA, tornando-se virais em pouco tempo. 

Os internautas queriam saber como a história continuaria. Quais seriam os próximos episódios da “saga”? Josh ganharia o direito de visitar a cachorra vizinha? 

Um final feliz 

O que Ginger não quis dizer inicialmente é que Josh, recentemente, havia perdido a sua cachorra de estimação. Bella, a melhor amiga do menino, tinha ficado doente e não resistiu ao tratamento, tendo morrido pouco tempo depois. 

O menino provavelmente estava tentando compensar a ausência da cadela, que vivia com a família desde que Josh tinha dois anos: praticamente, ele passou a infância inteira ao lado de um pet carinhoso e muito brincalhão. 

A família Breaux, no entanto, ainda não havia decidido sobre a aquisição de um novo cachorro. Eles estavam discutindo as possibilidades e avaliando as reais condições de receber um animal de estimação, com todas as responsabilidades de uma adoção. 

Mas Ginger não teve como não ceder aos apelos do filho – especialmente depois de ter assistido às cenas em que o menino se expôs a alguns riscos apenas para ganhar o abraço da cachorra de uma das casas vizinhas. 

Havia uma surpresa esperando Josh. Em outra casa da vizinhança, um retriever do Labrador preto estava muito incomodado com a ausência do irmão humano. Um jovem vizinho tinha acabado de ser admitido na universidade e estava de mudança, deixando Baton Rouge. 

Os vizinhos contataram Ginger Breaux, perguntando sobre a possibilidade de receber Drake em sua casa. O cachorro teria um novo companheiro e Josh poderia ter atenuada a tristeza por ter perdido o seu animal de estimação. 

Ginger cedeu e Josh ganhou um novo companheiro. Não se trata de uma troca: nada substitui um cachorro perdido, que é único. Mas o menino provou que tem muito amor para dar e tem todo o direito a ganhar um irmão humano. 

Drake chegou a casa de Josh de surpresa: a mãe não tinha avisado que um novo cachorro estaria chegando. O encontro também alcançou as redes sociais. Nas imagens, é possível ver o menino em estado de choque: ele chegou a chorar (mas escondeu o rosto em almofadas). 

O menino de nove anos continua visitando a cachorra vizinha, que já se acostumou aos carinhos. Desta vez, no entanto, ele toca a campainha antes de entrar e sempre está acompanhado pela mãe e a irmã, Janie, de sete anos. 

Nem seria preciso dizer, mas Josh e Drake em pouco tempo se tornaram inseparáveis. O retriever do Labrador já estava sentindo falta de um companheiro de brincadeiras, descobertas e cumplicidades, enquanto o garoto tem tudo o que um peludo merece para ser feliz. 

Gostou? Siga o Cães Online no Facebook, Instagram e Google News