Polícia prende idoso que matou cachorro a pauladas no meio da rua

Por: em

Certamente os habitantes da pequena Palminópolis, localizada a cerca de 121 quilômetros de Goiânia, não vão esquecer tão cedo as cenas de terror que presenciaram.

Pedro José de Oliveira, 64 anos, desferiu várias pancadas em um cão usando um pedaço de madeira. Motivo: o animal o teria irritado quando latia toda vez que motocicletas passavam pela rua.

Polícia prende idoso que matou cachorro a pauladas no meio da rua

A ação foi filmada por uma moradora do Jardim das Oliveiras. A fúria de Pedro José era tão grande que a cada paulada ele xingava o cão com palavras do tipo “você vai ainda correr atrás dos outros na rua? Vai?”. Consta que o homem continuou batendo inclusive quando o animal já estava morto.

Não satisfeito, Pedro pegou o cão por uma das patas e o levou até uma área verde cercada e o atirou ali. Até o cavalo que estava atrás do cercado foi ameaçado de morte por porrete ou veneno.

Mas a polícia militar agiu rápido e prendeu Pedro no início da tarde do dia 24/11/17. O homem foi encontrado em uma fazenda onde trabalhava como prestador de serviços. A polícia puxou a ficha corrida e descobriu que Pedro tem diversas ocorrências por estupro de vulnerável. Depois ele foi levado para a Delegacia de Palmeiras de Goiás onde, segundo o titular da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente (DEMA), Luziano de Carvalho, Pedro pode responder por crime de maus tratos aos animais. Se for condenado pode ficar um ano preso e ainda ter que pagar multa de R$ 3 mil.

Apesar da brutalidade das agressões, Pedro também poderá ficar em liberdade caso o Ministério Público oferecer uma transição penal. Ao invés de ficar preso, o homem poderá pagar uma multa ou prestar serviços comunitários.

Abaixo o vídeo filmado por uma moradora de Palminópolis. As imagens são fortes:

https://www.youtube.com/watch?v=F3KiN8FCd2k