[VÍDEO] Retriever do Labrador salva dois cães presos em canoa no meio do rio

Este herói viu uma canoa à deriva, saltou na água e salvou dois cães presos no meio do rio.

“Estar numa canoa e não saber remar”, para a maioria das pessoas, é apenas uma expressão para as dificuldades que não conseguimos superar. Para estes dois cães, no entanto, ficarem presos no meio do rio representava um risco de vida real. Felizmente, um retriever do Labrador apareceu para salvar a dupla desastrada.

Os dois cães provavelmente entraram na canoa apenas por curiosidade. A embarcação, no entanto, se afastou da margem, colocando os peludos em apuros. Cães desta raça são especializados em nadar e mergulhar, mas este retriever do Labrador é um verdadeiro herói.

O resgate

Para quem fica preso em uma canoa à deriva, o melhor a fazer é curtir a paisagem e esperar que chegue ajuda especializada. Mergulhar em um rio desconhecido para tentar nadar e alcançar a margem pode representar um risco ainda maior.

Os dois cães não sabiam o que fazer, o que é um fato absolutamente normal. A canoa começou a se afastar e, quando eles viram, a situação literalmente não “dava mais pé”: era quase impossível voltar à segurança da beira do rio.

retriever-do-Labrador-salva-dois-caes-presos-em-canoa-no-meio-do-rio

Eles precisavam de ajuda, talvez de um milagre. Tudo parecia conspirar contra a sorte dos dois cães presos na canoa, mas surgiu um raio de esperança: na beira do rio, um retriever do Labrador preto avistou os colegas em apuros e prontificou-se a salvá-los.

O cachorro herói avaliou cuidadosamente a situação. Verificou as condições e decidiu que conseguiria vencer a correnteza do rio. Uma das vítimas acabou colaborando. Rusty, um dos peludos presos, atirou uma corda que estava na canoa. Bullet, o outro animal, apavorado, apenas choramingava, deitado no meio do barco.

retriever-do-Labrador-salva-dois-caes-presos-em-canoa-no-meio-do-rio

Foi a deixa para Robbie – este é o nome do retriever do Labrador preto. O tempo corria para os dois cães presos, e Robbie saltou na água e nadou bravamente em direção à canoa. É interessante notar que o retriever do Labrador não tinha nada a ganhar com o salvamento: foi um gesto puro e simples de solidariedade.

Alguns amigos estavam em apuros e ele precisava fazer alguma coisa com urgência. Rusty, que estava preso na canoa, também demonstrou alta capacidade de planejar e antecipar situações, ao jogar a corda na água.

Robbie avançou em direção à canoa, pegou a corda com a boca e retornou para a margem, trazendo a embarcação de volta à segurança. Aparentemente, o retriever do Labrador já tinha alguma experiência, pois é possível ouvir uma voz em off, no vídeo, incentivando o cachorro a salvar as vítimas.

retriever-do-Labrador-salva-dois-caes-presos-em-canoa-no-meio-do-rio

Sessão de treinamento

Na verdade, tudo não passou de uma simulação. Robbie, Rusty e Bullet vivem com a mesma tutora e todos os três cães têm experiência em natação e mergulho. A situação foi proposta pela tutora, para demonstrar a inteligência e as habilidades dos retrievers do Labrador.

“Retrieve”, em inglês, significa “recuperar, recolher”. A raça foi desenvolvida na península do Labrador, no leste do Canadá. Os cães descendem de raças de mergulho europeias, mestiçadas com animais nativos da América do Norte.

Mais tarde, alguns cães foram levados para a Inglaterra, onde se especializaram na caça de aves aquáticas. Eles passaram a acompanhar caçadores que abatiam as aves em pleno voo. A função dos peludos era justamente a de recuperar as presas que caíam em lagoas e charcos dos bosques britânicos.

Na experiência registrada no vídeo, os três animais exibem qualidades diferentes. Enquanto a ação principal coube a Robbie, que salta na água para recuperar a canoa à deriva, Rusty forneceu a corda necessária para que a embarcação fosse rebocada de volta à margem.

Bullet, que aparentemente apenas lamenta o azar da empreitada, é um cão especializado em alertar os demais membros da matilha: ele late, rosna e choraminga para chamar a atenção dos colegas em situações de risco.

Os três animais receberam treinamento para socorrer banhistas e canoístas em apuros. Os animais sempre viveram à margem do rio e estão acostumados. Rusty e Bullet poderiam voltar tranquilamente nadando, mas eles receberam comandos para permanecer na canoa.

Os peludos estavam se preparando para enfrentar situações reais de risco – tanto para humanos, quanto para outros cachorros. Eles se divertem durante o aprendizado, mas podem se tornar bastante úteis em situações que saiam do controle.

Veja o vídeo do resgate:

Postagens Relacionadas