Se o seu cão é do tipo que leva você passear ao invés do contrário. Se ele tem medo da rua ou fica puxando a guia, correndo e pulando ou latindo para os outros cães, certamente o passeio não é agradável nem para você, nem para ele. Especialistas em adestramento de cães utilizam algumas técnicas que podem fazer esse momento ser muito mais proveitoso para ambos. Aprenda a passear com seu cão com pequenas mudanças de atitude.

Aprenda a passear com seu cão

O primeiro passo é abrir mão dos enforcadores ou coleiras com pinos, pois quando o cão puxa, certamente vai sentir dor e isso não o ensinará a passear. A dica é optar por uma coleira simples de pescoço, sem peitoral – que pode estimular ainda mais seu cão a puxar a guia.

Se o seu cão é do tipo elétrico, antes de sair com ele procure acalmar sua ansiedade gastando um pouco da energia acumulada. Uma dica é usar um brinquedo – pode ser uma bolinha ou um bichinho de pelúcia – para estimular o cachorro a correr no quintal. Algumas raças mais ativas, como o labrador ou o setter, exigem um pouco mais de tempo, mas ao final de cerca de 30 minutos já estarão mais calmos.

Aprenda a passear com seu cão

Além do mais, a brincadeira não serve apenas para cansar o animal, mas também para reforçar os laços entre o cão e seu dono, fazendo com que todas as atenções dele se prendam a você. Não estimule o cachorro na hora do passeio, ele precisa estar tranquilo nesse momento, então nada de ficar agitando o pobrezinho para vê-lo “feliz” antes de sair de casa. Para isso, coloque a guia no seu cão ainda antes de sair e dê algumas voltas com ele no quintal.

Ao sair pelo portão, não o leve percorrer trechos movimentados, cheios de carros ou crianças correndo. Prefira uma praça mais tranquila ou um parque bem amplo. Aprenda a passear com seu cão mantendo-o ao seu lado com a guia curta, mas não esticada. Não o deixe ir para todo o lugar, cheirar e parar aonde quiser.

Aprenda a passear com seu cão

Agora uma dica preciosa: ande em linha reta e, quando seu pet puxar a guia, mude imediatamente de direção e siga caminhando ao lado dele. Faça isso todas as vezes que ele puxar: ele fará uma associação com o comando e entenderá que para seguir em frente basta não puxar.

Não esqueça de que um cão precisa ser estimulado. Carregue consigo alguns petiscos ou elogie-o sempre que ele conseguir caminhar sem puxar a guia. Se ele puxar, não brigue, não diga nada – apenas mude o sentido da caminhada.

Com alguns dias de treinamento seu cão apresentará mudanças incríveis e saberá aproveitar o passeio sem estressar você ou a ele próprio. Mas lembre-se: de nada adiantará fazer isso esporadicamente. Seu cão precisa passear todos os dias e esse momento é muito especial para vocês dois.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui