InícioHistórias FelizesCachorra cega percebe que vai passear no parque e mostra toda a...

Cachorra cega percebe que vai passear no parque e mostra toda a sua empolgação

O momento em que esta cachorra cega percebe que vai sair para passear é apaixonante.

O vídeo já conquistou centenas de milhares de corações nas redes sociais. Ele mostra a reação de uma cachorra, momentos antes de sair para um passeio no parque de cães. As imagens foram publicadas originalmente no Tik Tok.

Kida é uma cachorra cega que protagonizou momentos de alegria e excitação, ao descobrir que estava indo para o parque de cães. Kida já é conhecida pelos vizinhos e brinca com todos quando sai para passear com a tutora. Ela estabelece relações diferentes com cada humano com quem faz amizade.

Passeio no parque

Kida mora com a tutora Allison Miller em Houston, Texas (EUA). A cidade é conhecida por acolher os animais de estimação: a prefeitura relaciona 29 parques e praças amigáveis para os peludos, com diversas atrações.

Os cachorros precisam se exercitar diariamente para manter o equilíbrio físico e mental. Nesses parques, eles podem caminhar por alamedas de grama e cascalho (ideais nos dias quentes, para não queimar as almofadinhas dos pés), áreas de esportes, chuveiro, espaços separados para os pequenos e os grandões, etc.

cachorra-cega-percebe-que-vai-passear-e-mostra-toda-a-empolgacao
INSTAGRAM/ KIDATHEPYR

Não por acaso, um desses parques é o destino turístico preferido por Kida. Ela já conhece todos os cantinhos do parque, mas não se cansa de procurar novas aventuras e brincadeiras. Apesar de não conseguir enxergar, a cachorra pode brincar com texturas e aromas disponibilizados nos bancos, alamedas e pistas.

O local preferido de Kida é o John Steele Dog Park, onde os cachorros podem correr soltos em ambientes fechados. O John Steele possui uma imensa fonte luminosa, que exala aromas diferentes para atrair a atenção dos peludos. Os cachorros podem nadar no lago.

Recentemente, no entanto, o John Steele foi atingido por fortes tempestades, que derrubaram árvores e destruíram diversos ambientes. O parque foi remodelado – ainda há pouca sombra, porque as novas mudas precisam crescer – e reaberto dias antes de Kida descobrir que ia voltar para o seu lugar preferido.

O vídeo

Allison decidiu filmar a reação de Kida, quando as duas estavam se preparando para sair de casa. É possível que a cachorra tenha percebido qual era o destino quando ela e a tutora embarcaram no carro – em geral, os passeios diários são feitos a pé, mais perto de casa.

Kida deve ter associado o carro ao John Steele Park – ou talvez o sexto sentido dos cachorros tenha denunciado o local para onde ela estava indo. Seja como for, a cachorra fica muito agitada, coloca a cabeça para fora da janela e não para de abanar o rabo.

A felicidade está nas pequenas coisas. Kida adivinhou que estava ganhando o passeio predileto e não cansava de dar mostras de alegria. Allison ficou surpresa com a reação da cachorra e também dos internautas, que viralizaram o post em poucas horas.

Allison sempre gostou de filmar e fotografar a companheira de quatro patas. O vídeo surgiu quando ela percebeu que a excitação de Kida com o passeio combinava perfeitamente com a música que estava tocando – sem querer, ela tinha encontrado a trilha sonora perfeita.

O clipe tem apenas alguns segundos, mas fez tanto sucesso no Tik Tok, que Allison decidiu criar uma página exclusiva para Kida no Instagram: @kidathepyr. Os internautas devem ter conseguido captar toda a felicidade da cachorra, traduzida no rabo abanando sem parar e na cabeça para fora do carro, para sentir o vento e curtir o momento.

O Instagram de Kida acabou se transformando em um serviço de utilidade pública. Allison entrou em contato com diversos tutores de cães cegos – inclusive de alguns que estão passando neste momento pelo procedimento de enucleação – a retirada dos olhos.

Um pouco mais sobre a cachorrinha

Kida é uma bela cachorra branca de sete anos de idade, que precisou ter os globos oculares retirados cirurgicamente em função de uma doença autoimune, a ceratoconjuntivite, também conhecida como síndrome do olho seco, em que as células de defesa do organismo passam a atacar e destruir as glândulas lacrimais. É uma doença comum em animais idosos, mas também afeta os filhotes jovens de cruzamentos consanguíneos.

Allisson vive com Kida desde que a cachorra tinha cinco meses de idade. A cachorra é uma ativista dos direitos dos animais e trabalha com resgate de animais selvagens do sudoeste dos EUA. Apesar de ter sido adotada ainda muito jovem, Kida teve um início difícil.

A peluda é da raça cão de montanha dos Pirineus, animais imensos desenvolvidos na França para o pastoreio. Kida foi empregada inicialmente como guardiã de galinhas, mas ela acabou perseguindo as aves e tentando comê-las.

Por isso, a cachorra foi abandonada em um abrigo. O instinto de caça do desta raça montanhesa, aliás, é um dos principais motivos para o abandono ou devolução, por parte de tutores desavisados e frustrados.

Agora, Kida tem a vida que pediu a Deus. Desde o passeio ao parque, cujo vídeo se tornou imensamente famoso, basta dizer “parque para cachorros” e a cachorra se mostra agitada e corre para a porta.

Amaury Almeida Costa
Amaury de Almeida Costa ([email protected]) é redator publicitário há mais de 30 anos. Escreve para diversos blogs desde 2008. Presente nas redes sociais desde a época do Orkut, foi editor da revista Animanews, sucesso editorial do final dos anos 1990, que trazia informações sobre pets – além de cães, gatos e aves, trazia informações sobre répteis, anfíbios, peixes e invertebrados de estimação.
RELACIONADOS

Últimas Publicações