Cachorro patinador no gelo de 8 anos, ganha um prêmio nacional de excelência

Benny, um cachorro sênior que faz patinação do gelo, ganhou prêmio nacional de excelência.

Benny, um retriever do Labrador amarelo de oito anos, é uma das mascotes do Vegas Golden Knights, equipe profissional de hóquei no gelo, baseada em Las Vegas (Nevada, oeste dos EUA), que disputa a National Hockey League (NHL, a “primeira divisão” do esporte nos EUA e Canadá).

Nas últimas temporadas da NHL, Benny vem ganhando cada vez mais popularidade, por causa das suas performances artísticas. Ele é um atleta da patinação no gelo e se apresenta antes da partida do Golden Knights.

cachorro-patinador-ganha-premio-da-akc
CRÉDITO: @VEGASKINGBENNY

O prêmio

Em 2021, Benny foi destacado com o National Awards of Excellence, prêmio do American Kennel Club, um dos maiores clubes de registro genealógico de cães de raça pura do mundo. O cachorro recebeu o título de “Companheiro Exemplar 2021”, em função do seu trabalho com a equipe de hóquei e as atividades que desenvolvem em instituições de caridade de Nevada.

A tutora de Benny, Cheryl Del Sangro, é a responsável pelo treinamento do retriever do Labrador. O cachorro tem encantado multidões em suas apresentações na T-Mobile Arena, sede do Golden Knights, uma arena multiuso em Las Vegas, cercada pelos hotéis e cassinos da Strip Boulevard, em Paradise.

cachorro-patinador-ganha-premio-da-akc
CRÉDITO: @VEGASKINGBENNY

A história de Benny e a T-Mobile Arena teve início pouco menos de três anos atrás, agosto de em 2018, quando o fotógrafo Rick VIerkhandt, especializado em animais, convidou o cachorro de Cheryl para um videoclipe com os atletas do Golden Knights.

No vídeo, Benny segura um taco de hóquei com a boca e desliza pelo gelo do rinque enquanto persegue alguns discos. Apesar de ter passado a vida toda em um Estado com clima desértico, o retriever do Labrador demonstrou um talento inato para o esporte sobre o gelo.

À revista People, Cheryl disse que teve um insight ao assistir às primeiras imagens do videoclipe. Ela disse ao repórter: “Comecei a imaginar que poderia ensinar Benny a patinar. Ensinei a minha filha quando ela tinha apenas 17 meses e, nos treinos, descobri que Benny tem um equilíbrio melhor do que as crianças”.

Cheryl treinou Benny, que aprendeu rapidamente. Nas imagens, é possível observar que o retriever do Labrador nunca encosta as patas na cobertura de gelo do rinque: ele se equilibra perfeitamente sobre os patins.

cachorro-patinador-ganha-premio-da-akc
CRÉDITO: @VEGASKINGBENNY

Ninguém poderia imaginar que Benny aprendesse tão rápido, nem que ele conseguisse se divertir tanto com a patinação. A própria tutora desenhou patins especiais para o peludo, confeccionados com a ajuda de um amigo, a partir de botas caninas de escalada.

Desde então, Benny é presença constante na abertura dos jogos do Golden Knights – e os torcedores fazem questão da presença do cachorro. O peludo melhorou bastante a atuação, aprendendo movimentos difíceis, como transição sem esforço a partir da posição deitada, viradas pelos cantos do rinque e paradas em pontos definidos.

Ele já sabe como não andar de ré e aprendeu as paradas sozinhos, com movimentos reversos de limpa-neve. Ele também sabe dar ré quando necessário e deslizar em distâncias curtas, quase sem esforço. Na maior parte do tempo, é o próprio cachorro que cria as apresentações.

Ações beneficentes

Quando não está se apresentando com o Golden Knights, Benny participa do Spectrum On Ice, um programa de patinação no gelo para crianças com autismo, déficit cognitivo e outras deficiências de desenvolvimento. As arrecadações destes shows são revertidas para o tratamento de crianças carentes.

cachorro-patinador-ganha-premio-da-akc
CRÉDITO: @VEGASKINGBENNY

As crianças naturalmente adoram Benny e a espontaneidade permite que elas se aproximem com tranquilidade, sem sobressaltos. O retriever do Labrador, desta forma, também é um cão terapeuta, auxiliando nos tratamentos médicos e psicológicos.

“Ele cria uma situação de conforto instantânea para as crianças”, disse Cheryl. “Uma mãe me disse, com lágrimas nos olhos, que seu filho, que nunca tocou em um animal, acariciou Benny no gelo e seguiu-o com um sorriso no rosto”. Pode parecer pouco para os leigos, mas é um tremendo avanço para quem entende do assunto.

Benny também trabalha com a Opportunity Village, serviço de atendimento psicológico e fisioterápico que atende pacientes do sul de Nevada. A Village trabalha com pessoas portadoras de deficiências intelectuais e relacionadas. Ainda de acordo com a tutora, o cachorro sabe o momento certo para se mostrar excitado ou apenas ser gentil e carinhoso.

Neste ano, o prêmio de excelência do AKC foi concedido a Benny e a quatro outros cães – entre quase mil candidatos inscritos e indicados. Cada contemplado tem direito a selecionar uma instituição de caridade relacionada a animais abandonados ou abusados, que recebe um bônus de US$ 1.000.

Benny também recebeu um medalhão de prata e suprimento de ração premium durante um ano. Mas para este retriever do Labrador, a melhor recompensa é a alegria de divertir os torcedores e fazer a diferença para crianças que precisam de cuidados especiais.

Postagens Relacionadas