Câmera flagra cachorro cobre a tutora durante a noite

O cuidado foi registrado em vídeo: o cachorro cobre a tutora, para protegê-la do frio à noite.

A tutora deste simpático retriever do Labrador surpreendeu-se com as imagens obtidas por uma câmera. As imagens mostram o cachorro cobrindo a amiga, que tinha esticado o braço para fora da manta e ficado desprotegida.

A câmera tinha sido instalada porque a tutora queria entender o que o cachorro fazia durante a noite, quando as luzes se apagavam. O retriever do Labrador foi acostumado a dormir na cama desde que era filhote, mas os movimentos noturnos estavam intrigando a colega de quarto.

O vídeo

Esta é uma cena muito bonita de se ver. Todos sabem que os cachorros são leais e protetores, mas este retriever do Labrador elevou o nível dos cuidados com os tutores. Durante a madrugada, ele percebeu que a tutora tinha se descoberto.

Rapidamente, ele puxou a manta de volta para cima do braço da amiga, para evitar que ela se resfriasse. É muito improvável que alguém fique doente apenas por se descobrir, mesmo em uma noite fria. Mas os cachorros não sabem disso.

Eles sabem apenas que devem servir e proteger em quaisquer situações. Além disso, este retriever do Labrador garantiu o conforto térmico da tutora, impedindo que ela interrompesse o descanso noturno.

cachorro-cobre-a-tutora-durante-a-noite

No dia seguinte, quando a jovem foi conferir as gravações, ela não conseguiu acreditar no gesto de bondade e carinho do seu melhor amigo. Ela ficou muito emocionada ao constatar, mais uma vez, a proteção proporcionada pelo cachorro. “Nós não merecemos os cachorros”, escreveu a tutora na legenda do vídeo.

As imagens foram postadas nas redes sociais e viralizaram rapidamente. Centenas de internautas ficaram positivamente impressionados com o gesto do cachorro, totalmente espontâneo. O post recebeu mais de 680 mil curtidas.

Os motivos

Não é necessário procurar argumentos científicos para entender o comportamento do retriever do Labrador registrado no vídeo: ele cobriu a tutora para protegê-la do frio, porque ele gosta dela e quer vê-la feliz e saudável.

Mesmo assim, é possível explicar os motivos que provocaram a atitude. Em primeiro lugar, cachorros são animais sociais: eles gostam de fazer tudo em bando: brincar, passear, comer, descansar e dormir.

Apesar de algumas raças serem mais independentes, a maioria dos cachorros gosta do contato próximo com os tutores. Os cães descendem dos lobos, que se organizam com muita sofisticação: para caçar, cuidar dos filhotes e jovens, vigiar o acampamento e, claro, dormir.

Nós trouxemos os cães para viverem conosco por dois motivos iniciais: para ajudar na caça e para nos proteger. Foram milênios de convivência e eles se acostumaram a garantir nosso conforto, bem-estar e integridade física. Continuam fazendo isso até hoje.

Por outro lado, eles também se sentem mais seguros. Se os tutores dormem a noite inteira, este é um sinal de que está tudo bem no “covil”. É como se eles entendessem que “não há nada de novo no front”.

Quando nos levantamos durante a noite, a maioria dos cachorros faz questão de nos acompanhar. Pode ser apenas um gesto corriqueiro, como ir ao banheiro ou à cozinha, mas nossos fiéis escudeiros permanecem ali, ao nosso lado.

Uma noite tranquila e sem intercorrências é um sinal de segurança. Não há riscos de ataques, nem de calamidades. A cama é um lugar macio e quente, ideal para descansar. E, se nos habituamos a cobrir o corpo durante o repouso, eles entendem que o hábito é necessário – é quase uma estratégia de sobrevivência.

Ao se aninhar com o tutor, o cachorro está desempenhando o seu papel de guardião, mas também está sendo recompensado com o calor, a maciez e o contato próximo. Para ele, nesses momentos, o universo está em perfeito equilíbrio.

Faz mal dormir com o cachorro no quarto?

Para algumas pessoas que sofrem com alergias e outros problemas de pele ou respiratórios, o contato muito próximo pode ser prejudicial ou pelo menos desconfortável. Para a maioria dos humanos, no entanto, dormir com o cachorro tem muitas vantagens.

É preciso respeitar alguns hábitos: alguns cães preferem dormir ao lado da cama, outros se aninham nos pés e há aqueles que gostam de dormir de conchinha. Alguns peludos preferem um cobertor, outros entendem que a pelagem natural é suficiente para mantê-los aquecidos.

Os tutores devem apenas garantir que a higiene dos peludos esteja em dia. Banhos e escovações regulares, desparasitação e visitas frequentes ao veterinário garantem a saúde. Um último ponto a ser considerado é: o cachorro e o tutor estão confortáveis? Se não estiverem, é preciso encontrar um novo arranjo para o repouso noturno.

Veja o vídeo:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas