Casal constrói trenzinho para cães de rua resgatados

Esta é a mais recente atração turística na Flórida: um trenzinho para cães de rua resgatados.

Lehigh Acres é uma pequena comunidade da Flórida (sudeste dos EUA), distante da badalação de Miami Beach e Orlando. Mas um casal está chamando atenção dos locais e dos turistas, com um trenzinho feito especialmente para conduzir cães de rua resgatados.

Paul e Alice Johnston formam um casal de ativistas pelos direitos dos animais. Eles viveram durante muito tempo na Costa Rica, resgatando e abrigando cães e gatos de rua. De volta aos EUA, eles se radicaram em Lehigh Acres, onde adotaram 19 cães abandonados.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

Para levar esta grande matilha para passear, Paul e Alice encontraram uma forma bastante criativa: eles construíram um trenzinho, no melhor estilo dos parques de diversões do interior, para conduzir os filhos de quatro patas.

A matilha

Os animais abandonados nas ruas são um problema no mundo inteiro. Apenas na Flórida, mais de 310 mil cachorros e gatos foram admitidos nos abrigos oficiais em 2020. O número vem aumentando ano a ano: houve um salto de 33% em apenas sete anos.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

Paul Johnston conta que os cachorros surgiram na vida dele e da mulher de forma espontânea. O casal sempre abrigava animais de rua e, quando não encontravam uma família para acolher os peludos, eles mesmos se incumbiam da adoção.

Para os dois ativistas, valia de tudo, menos deixar cachorros sem abrigo e segurança. A família foi aumentando e, quando a matilha reuniu 19 cachorros (além de dois humanos), Alice pensou: “Vai ser um desafio levar todos eles para passear”.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

Como tutores conscientes e responsáveis, Paul e Alice sabem que os cachorros precisam passear diariamente. As caminhadas são fundamentais para fortalecer músculos e ossos, melhorar a capacidade cardiorrespiratória, promover a socialização dos peludos e, claro, garantir alguns momentos de muita diversão.

De qualquer maneira, levar 19 cachorros para passear tornou-se uma tarefa difícil, quase impossível. Em um cálculo rápido, levar cada um dos peludos para uma caminhada de 30 minutos consumiria nove horas e meia de cada dia.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

Então, Paul teve a ideia de construir o trenzinho. Todos os filhos do casal Johnston saem para passear ao mesmo tempo, “desembarcam das cabines” para brincar na pracinha e voltam felizes e relaxados para casa. Além, claro, de atrair a atenção de muita gente, que se diverte com o “Expresso da Terra das Maravilhas”.

As cabines do trenzinho foram feitas com barris metálicos, que foram estofadas e receberam gradis de proteção – para que nenhum cachorro pule para fora, caso se assuste com alguma coisa no trajeto. O projeto foi criado há cinco anos e faz cada vez mais sucesso.

Os moradores da Avenida Thompson, a principal via de Lehigh Acres, já conhecem a invenção há meses. Muitas pessoas se deslocam de outros bairros apenas para acompanhar o cortejo de cães, sempre com uma trilha sonora de latidos e uivos. Até mesmo moradores de outras regiões da Flórida já descobriram a Parada dos Cachorros.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

O trem, no entanto, não é apenas divertido e prático. Paul e Alice confeccionaram cartazes com informações sobre o abrigo mantido pelo casal, os cães disponíveis para adoção, além de dicas e truques para tutores.

O casal Johnston também aproveita datas comemorativas, como Páscoa, Natal e Valentine’s Day (o dia dos namorados dos americanos) para promover as ações de resgate e abrigo. Nessas ocasiões, o trenzinho é enfeitado com motivos da ocasião: árvores natalinas, coelhos de Páscoa, corações, etc.

A criação do casal Johnston acabou se tornando de utilidade pública. Eles divulgam o trabalho do abrigo, aumentam as chances de os animais resgatados encontrarem uma nova família e chegam a receber doações – algumas das quais são transportadas nos assentos disponíveis do trenzinho.

casal-constroi-trenzinho-para-caes-de-rua-resgatados
Créditos: Amanda Inscore / The News-Press

As viagens, que acontecem pelo menos uma vez por semana, transcorrem em total segurança. Não há riscos de os cachorros pularem ou caírem do trem. Os vagões são conectados uns aos outros por correntes e traves móveis, puxados por uma locomotiva conduzida pelo maquinista oficial: Paul Johnston.

Os passeios, com horários e itinerários, agora são informados previamente, através das redes sociais e de emissoras de rádio locais. O trenzinho dos cachorros se transformou em uma atração para os moradores de Lehigh Acres, enquanto diverte e distrai os peludos.

Um aviso aos candidatos à adoção: os 19 cães que passeiam no trenzinho são membros oficiais da família Johnston, que pretende mantê-los em casa. Mas há dezenas de outros resgatados e abrigados por Paul e Alice, à espera de uma família amorosa.

Postagens Relacionadas