Criança e cachorro brincam na gangorra e vídeo viraliza

A criança parece ter pouco mais de um ano, mas está se divertindo com o cachorro na gangorra.

Este vídeo, postado nas redes sociais, está sendo visualizado, comentado e compartilhado por pessoas do mundo todo. Uma criança e um cachorro brincam na gangorra, em um passeio no parque num belo dia de sol.

As imagens foram gravadas em Melbourne, no Estado de Victoria (sudeste da Austrália). A criança e o cachorro estão se divertindo muito. O peludo parece conhecer o brinquedo, uma vez que está sentado tranquilamente na extremidade e apoia as patas na alça da cachorra.

crianca-e-cachorro-brincam-na-gangorra

A brincadeira

Não é apenas nas redes sociais que o vídeo da criança brincando na gangorra com o cachorro da família está viralizando. Jornais de locais tão diferentes, como o Hindustan Times (Nova Déli, Índia) e o Washington Post (EUA) reproduziram as imagens em seus sites.

Cachorros podem se tornar os melhores companheiros das crianças, na hora das brincadeiras. No vídeo, é possível observar que o peludo está vigilante: ele quer não apenas se divertir, mas está atento para que nada ruim aconteça com o parceiro, que parece ter menos de um ano de idade.

Os adultos responsáveis também não devem deixar de tomar os devidos cuidados. Enquanto a mãe da criança filma a brincadeira, o pai está ao lado do cachorro, que é conduzido com guia e coleira, para que não ocorra nenhum incidente.

O vídeo foi gravado em janeiro de 2022, em pleno verão da Austrália. A postagem entrou para os trending topics e já foi curtida e comentada por quase um milhão de internautas. Apesar de pequena, a criança já entendeu o mecanismo e faz força para que a gangorra suba e desça.

Todos estão felizes: na verdade, a cena parece mostrar duas crianças curtindo a vida. Em alguns momentos, é possível ouvir as gargalhadas da criança, que também está protegida com roupas adequadas – mangas longas e calça comprida, mesmo em um dia quente, para evitar ferimentos na pele delicada.

É igualmente impressionante a postura do cachorro. Ele está atento ao parceiro, para que nada de mal aconteça. O peludo está realmente compenetrado, na sua função de irmão mais velho: ele quer brincar, mas com toda a segurança.

Crianças e cachorros

Desde que sejam tomadas as devidas precauções, cachorros e crianças são excelentes companheiros nas brincadeiras. Mais do que isto: os jogos e exercícios são fundamentais para o desenvolvimento físico e emocional de ambos.

Em países de clima quente, como a Austrália e o Brasil, as praças e parques convidam para os passeios e oferecem muita diversão. Mas, mesmo em casa, é possível improvisar algumas brincadeiras para distrair e desenvolver crianças de dois ou quatro pés.

Sempre respeitando-se a idade da criança e o porte, vitalidade e condições de saúde de ambos, os pais e responsáveis podem organizar uma série de brincadeiras, tanto no inverno quanto no verão, em ambientes internos e externos.

crianca-e-cachorro-brincam-na-gangorra

O cabo-de-guerra é excelente para quem gosta de uma boa farra – além de crianças e cachorros, os humanos adultos também podem aproveitar. Basta usar um cabo resistente e flexível, que não seja muito elástico.

A maioria das crianças e cachorros adoram brincadeiras na água. Algumas raças caninas, como o poodle e o retriever do Labrador, foram desenvolvidas para a pesca e o resgate de presas abatidas em cursos d’água. Eles podem nadar e mergulhar numa piscina, mas também podem fazer a festa com uma mangueira ou até mesmo uma bacia cheia de água.

Pegar bolinhas e discos é talvez a brincadeira preferida dos cachorros. Eles podem passar horas indo buscar objetos atirados ao longe. Na falta de brinquedos industrializados, é possível improvisar com gravetos, garrafas pet, etc.

É possível organizar brincadeiras como esconde-esconde, pega-pega, etc. Uma simples prancha apoiada em um sofá ou cadeira se transforma em um escorregador. Evidentemente, as brincadeiras precisam sempre da supervisão de um adulto.

A convivência de crianças e cachorros aumenta o senso de responsabilidade e solidariedade, fortalece o sistema imunológico dos pequenos, condiciona a musculatura e fortalece a estrutura cardiorrespiratória, entre outros benefícios.

Os jogos e exercícios também podem ser usados nos treinamentos de obediência, assimilação de comandos e até atividades mais complexas, como encontrar um objeto através do olfato ou cumprir um percurso de agility no menor tempo possível.

O importante é que as atividades sejam divertidas e seguras. As brincadeiras afastam o tédio, são fundamentais para a saúde física e emocional. Mesmo no caso de portadores de deficiências, é possível adaptar alguns jogos para garantir a alegria de todos.

Veja o vídeo com este momento incrível:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas