Dois policiais salvam a vida de um cachorro que estava prestes a se afogar em um lago congelado

Os dois policiais pularam na água para salvar um cachorro que ficou preso no lago congelado.

O caso ocorreu em Huesca, província da Comunidade Autônoma de Aragão, aos pés dos montes Pireneus, no nordeste da Espanha, a poucas semanas da chegada do inverno ao hemisfério norte. Dois oficiais da Guarda Civil enfrentaram a água gelada para salvar um cachorro que ficou preso.

policiais-salvam-cachorro-em-lago-congelado

A operação de salvamento do cachorro foi registrada em vídeo e publicada nas redes sociais. Nas primeiras 24 horas depois da postagem, mais de 100 mil internautas acessaram o vídeo. Os dois agentes se tornaram verdadeiros heróis no país.

A equipe de resgate

Estes dois agentes da Guarda Civil espanhola podem ser chamados de tudo, menos de covarde. Eles enfrentaram a água com temperatura próxima a 0°C para resgatar um golden retriever que ficou preso em um lago congelado na cidade de pouco mais de 50 mil habitantes.

Certamente, a vida do cachorro estava por um fio: ele corria o risco iminente de se afogar no lago congelado, ou de não resistir à hipotermia. Felizmente, os dois policiais não hesitaram nem um só segundo para agir.

policiais-salvam-cachorro-em-lago-congelado

Em oito dias, o Twitter da Guardia Civil de España foi acessado mais de um milhão de vezes. O resgate é realmente intenso e emocionante. Os policiais receberam uma chamada telefônica, por volta das 11h de 07.12.21, sobre um cachorro que havia caído no lago.

A equipe do posto de Canfranc, na cidade de Jaca, foi acionada para o resgate. O lago fica entre as cidades de Jaca e Canfranc, uma área muito procurada na primavera e no verão, mas quase deserta neste fim de outono espanhol.

O acidente

O cachorro  estava fazendo o passeio diário com o tutor, quando alguma coisa atraiu a sua atenção e ele disparou em direção ao lago congelado. Os cães da raça adoram nadar e mergulhar, até porque foram desenvolvidos, no frio da Escócia, justamente para caçar e pescar.

policiais-salvam-cachorro-em-lago-congelado

O gelo, que está começando a se formar sobre o lago, não resistiu ao peso do cachorro e cedeu. O peludo não tinha espaço para nadar, nem para tomar impulso e sair da água. O tutor chamou as autoridades imediatamente.

O salvamento

Os dois guardas civis chegaram ao local do acidente em poucos minutos. Ao observar a situação, eles perceberam a urgência e trataram de efetuar o salvamento: não havia tempo para buscar equipamentos, nem acionar especialistas em mergulho.

Os policiais apenas tiraram os uniformes e se aventuraram, de cuecas, no gelo fino, que estalava a cada passo. O cachorro estava assustado (e quase congelado), mas atendeu aos comandos dos agentes.

policiais-salvam-cachorro-em-lago-congelado

O gelo continuou se partindo, agora com o peso de dois humanos adultos. Os oficiais improvisaram um quebra-gelo com um galho que encontraram e abriram caminho até o cachorro. Graças a esta intervenção, foi possível trazer o peludo de volta à margem.

Não é preciso falar sobre a felicidade do tutor, que não sabia o que fazer para garantir a integridade da sua mascote. Depois de agradecer aos agentes da Guarda Civil, a dupla voltou para casa, para se recuperar do susto.

Depois de aquecido, com a temperatura corporal regularizada, o golden retriever foi levado ao veterinário. Felizmente, o médico não identificou nenhuma anomalia, além do trauma emocional e do frio e medo que o peludo sentiu. Ele já está se recuperando em casa, longe de aventuras aquáticas.

Em tempo!

Vale lembrar que o frio intenso, assim como o calor escaldante, não são motivos para deixar de passear diariamente com o cachorro. Os peludos precisam da interação com outros caninos e humanos, para manter o equilíbrio emocional. O exercício também é fundamental para manter a saúde física.

Durante o inverno, nos dias mais frios, os tutores devem, se possível, escolher as horas mais quentes do dia, geralmente próximas ao meio-dia, para a caminhada. Se for o caso, os cachorros podem ser vestidos com agasalhos, capas e botas (estas últimas, na verdade, são mais úteis, no verão, quando as calçadas estão muito quentes).

No Brasil, são poucos os locais em que cai neve, mas, caso o cachorro se molhe durante os passeios, é importante secar o pelo e as orelhas na volta para casa. A umidade excessiva pode causar dermatites e otites, além de facilitar a instalação de doenças virais, como a gripe canina.

Veja o vídeo:

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas