Gari leva cãozinho adotado todos os dias para fazer companhia enquanto limpa as ruas

Uma varredora de rua tailandesa trabalha todos os dias com o cachorro ao lado.

Thitirat Keowa-ram, uma jovem varredora de rua que trabalha em Bangkok, a capital da Tailândia, sem querer está atraindo a atenção de milhares de internautas em todo o mundo. O motivo é que ela trabalha todos os dias com o cachorro ao lado – ou melhor, a tiracolo.

Fotos de Thitirat foram postadas nas redes sociais e tornaram-se virais rapidamente. A trabalhadora percorre as ruas de Bangkok recolhendo o lixo, sempre na companhia de Mazda, o seu peludo de estimação.

gari-trabalha-com-o-cachorro-a-tiracolo
Foto: Jiraporn Kuhakan

Thitirat e Mazda

Mazda é um cão mestiço de shih tzu com poodle que se tornou o grande companheiro de Thitirat. A jovem sempre quis ter um cachorro, mas, quando pediu uma mascote para o namorado, ele disse que os cachorros dão muito trabalho, precisam de companhia o tempo inteiro.

Então, Thitirat comprometeu-se a ser uma companheira constante do futuro cachorrinho. É possível que o namorado não quisesse um cachorro em casa e só tenha concordado pensando que a jovem não poderia levar o peludo para o trabalho. Mas foi exatamente isso que ela acabou fazendo.

Há um ano, Thitirat sai de casa todos os dias com Mazda pendurado às suas costas. O cachorro pesa cerca de 10 kg e, desta forma, o esforço físico necessário é considerável.

Além disso, não se trata apenas de levar o cachorro para casa. Diariamente, Thitirat percorre dezenas de ruas, varrendo e coletando lixo. Enquanto a jovem desempenha a sua função, Mazda segue tranquilo a tiracolo, apreciando a paisagem.

gari-trabalha-com-o-cachorro-a-tiracolo
Foto: Jiraporn Kuhakan

Como não poderia deixar de ser, o cachorro se tornou uma sensação e a tutora, uma celebridade instantânea. Por onde a dupla passa, as pessoas desaceleram para ver a cena curiosa. A jovem tailandesa parece não se importar com o peso e o cachorro passeia deliciado, sem fazer o menor esforço.

Fotos de Mazda e Thitirat foram publicadas nas redes sociais e chamaram a atenção das comunidades virtuais. Algumas pessoas chegam a reclamar do desconforto para o cachorro, que também fica exposto ao calor e à poluição.

A maioria dos internautas, no entanto, apoia a decisão de Thitirat – e batem palmas para o esforço físico diário desta varredora de rua. ela cumpre a sua tarefa e garante o dinheiro para pagar as contas no fim do mês, enquanto o peludo se diverte em passeios que duram seis horas.

Cachorros precisam mesmo de companhia?

Na verdade, cachorros são animais gregários e, nesta condição, eles precisam de companhia. Os lobos, ancestrais dos nossos melhores amigos, vivem em grupos organizados e estabelecem relações individuais entre os membros.

Mas cachorros não precisam de companhia o tempo inteiro. Eles podem passar algumas horas do dia sozinho, desde que tenham alguma coisa para fazer: brincar, observar o movimento através da janela, etc.

Até mesmo o barulho de passos no corredor é suficiente para mantê-los ocupados, embora o barulho dos latidos possa incomodar a vizinhança. Mas, desde que eles permaneçam ocupados, não há problema em deixá-los sem companhia por algumas horas do dia.

gari-trabalha-com-o-cachorro-a-tiracolo
Foto: Jiraporn Kuhakan

Com relação às raças caninas, algumas são mais independentes, outras precisam da presença mais constante dos tutores. Entre os ancestrais de Mazda, os poodles costumam se dar bem sozinhos, enquanto os shih tzus são mais apegados e precisam de atenção e companhia. O poodle é um caçador, enquanto o shih tzu é basicamente um acompanhante.

Seja como for, tudo depende do temperamento dos peludos. A genética determina boa parte do comportamento, mas sempre há espaço para expansões da personalidade individual de cada peludo. Em resumo: eles podem muito bem ficar sozinhos, mas preferem a companhia dos tutores.

Nos últimos anos, as empresas da Tailândia têm incentivado os funcionários a levarem os animais de estimação para o ambiente de trabalho. Os cães e gatos se distraem, alegram os espaços e chegam até mesmo a distensionar o “clima” em algumas reuniões.

Algumas atividades profissionais são mais isoladas, enquanto outras requerem a colaboração de grandes equipes. De qualquer maneira, a presença dos animais de estimação dá segurança para os funcionários, tranquiliza e facilita as relações humanas, muitas vezes bastante complicadas.

Ninguém imaginava, no entanto, que uma varredora de rua decidisse levar o cachorro para o seu ambiente de trabalho: as ruas de Bangkok. Mas Thitirat está feliz e Mazda é saudável e muito sociável com todos. O arranjo não poderia ter obtido resultados melhores.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas