A gripe canina é uma doença contagiosa entre cães, sendo transmitida pelo vírus da Influenza. Confira algumas dicas e cuidados para proteger o seu cão.

A gripe canina é provocada por um tipo específico de vírus denominado Influenza: H3N8. Ela é uma doença contagiosa, mas não passa para os seres humanos. Este vírus da gripe foi identificado há 40 anos nos cavalos. Mas, no ano de 2004 foi relatado pela primeira vez nos cães e com o passar do tempo foi espalhando entre outros cães. Assim, a gripe canina é uma doença contagiosa em cães, mas não transmite para os seres humanos.

Gripe canina: cuidados com a doença!

A doença é transmitida por meio do vírus no ar de secreções respiratórias. Além disso, ele pode ser transmitido através de contatos com outros cães que estejam infectados com o vírus da Influenza, que pode permanecer vivo por muito tempo no ambiente: 48 horas em superfícies, 24 horas em roupas e 12 horas nas mãos.

Os cães apresentam um nível de vírus mais elevado de secreções, que podem durar de 2 a 4 dias, aproximadamente. Outro fato, é que os cachorros podem ser capazes de espalhar o vírus por dez dias. Mesmo que os cães sejam capazes de propagar o vírus, aproximadamente, 20 a 25% que são expostos, não mostram sintomas da doença, mesmo que estejam infectados. Geralmente, 80% desenvolvem uma gripe muito leve e que têm sintomas como tosse, espirro, coriza e febre. Os sintomas da gripe canina demoram, em média, de 2 a 4 dias para começar.

O diagnóstico da doença é feito por meio de um teste de anticorpo específico e não existe um tratamento específico para a gripe canina. Assim, os cachorros necessitam de um suporte que pode incluir tratamentos como a ingestão de fluídos, com a finalidade de evitar a desidratação, uma alimentação leve e equilibrada, medicamentos para aliviar alguns sintomas da doença, entre outros cuidados que podem ser recomendados pelo veterinário.

A maioria dos cães se recupera bem da gripe canina, a morte por causa da doença, geralmente, ocorre quando ela se manifesta de forma mais grave. A taxa de mortalidade é de, em média, 1-5% ou superior. Além disso, existe no mercado uma vacina para a gripe canina que auxilia a diminuir a gravidade da doença.

Desta forma, se perceber que seu melhor amigo está apresentando sinais de infecção respiratória mantenha-o isolado e chame o veterinário, e qualquer tipo de roupa, equipamentos ou superfícies que possam estar contaminadas com secreções respiratórias devem ser devidamente limpas e desinfetados. O Influenza é eliminado por desinfetantes de rotina. Também, é fundamental manter as mãos limpas.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui