As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Quem trabalha fora de casa também pode ter pets. Confira as raças de cães mais independentes.

Os cães são seres sociais: eles gostam da vida em matilha. Mas quem trabalha fora ou dispõe de pouco tempo para os filhos de quatro patas não precisa se privar desta companhia: algumas raças são mais independentes e podem ficar sozinhos por longas horas.

Evidentemente, é necessário dispor de alguns momentos diários para brincar, passear e paparicar os nossos melhores amigos. Nos casos mais extremos, é melhor optar por outros animais de estimação – quem sabe um aquário, ou um terrário com anfíbios ou répteis.

Confira a seguir as melhores raças de cães para quem fica fora de casa durante o dia todo, trabalhando ou estudando. No desenvolvimento destas raças, elas adquiriram características comportamentais que lhes permite passar várias horas “cuidando de si mesmas”.

01. Akita

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Desenvolvido no Japão para a guarda de rebanhos, o akita se acostumou a passar longos períodos sem contato com humanos, apenas garantindo a segurança do gado. Trata-se de uma raça independente, bastante desconfiada com estranhos.

Muitos tutores descrevem o akita como mal-humorado, mas estes cães são muito companheiros e carinhosos, totalmente devotados aos parentes. Eles gostam de alguns momentos reservados, mas precisam interagir com a família, inclusive para não desenvolver comportamentos destrutivos.

02. Basset hound

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Criado na França para a caça, o basset hound é tranquilo e mantém certa independência em relação aos tutores, podendo passar parte do dia sozinho sem problemas. Mas, todo cão precisa de atenção e esta raça é famosa pelo faro apurado – e eles precisam estar sempre seguindo pistas.

O basset hound pode ser considerado “persistente” (para não dizer teimoso), mas é um excelente cão de guarda, gosta da convivência com crianças e outros pets, tem um excelente instinto de exploração, mas também passa horas cochilando ou brincando sozinho.

03. Boston terrier

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Ele não é um cachorro independente, mas, se o tutor passar muito tempo fora de casa, o problema pode ser resolvido com brinquedos interativos – o boston terrier é muito curioso – ou com a presença de um irmão de quatro patas.

O boston terrier dá pouco trabalho para os tutores e adapta-se facilmente à rotina da família. Pequeno e de pelo curto, as atividades físicas diárias podem ser reduzidas a uma hora de brincadeiras no tapete da sala, além de uma volta no quarteirão.

04. Buldogue francês

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Os cães da raça precisam da atenção dos tutores, mas são muito inteligentes e conseguem se adaptar com facilidade a novas rotinas. O buldogue francês late pouco e não pode ser descrito como um cachorro ativo: ele não requer muitas atividades físicas e, na verdade, prefere as sonecas e o aconchego.

De qualquer maneira, o buldogue francês precisa da companhia dos tutores, pelo menos por algumas horas do dia. Do contrário, ele pode desenvolver hábitos destrutivos, que não chegam a ser alarmantes, mas prejudicam o bem-estar e a qualidade de vida.

05. Bull mastife

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Os cães desta raça são grandes e robustos, mas também são muito gentis. Excelentes cães de guarda, eles são alertas, companheiros e muito ativos. O bull mastife não é um cachorro para ficar em apartamento, mas pode se adaptar a uma rotina no quintal sem a presença constante dos tutores.

Ele costuma se dar bem com crianças, mas as atividades precisam ser supervisionadas, principalmente por causa do porte. O bull mastife prefere ser filho único – ele não aceita muito bem a presença de outros pets. Sempre agitado, ele precisa de algumas horas por dia com a família, mas tende a ser um animal equilibrado e focado.

06. Chow-chow

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Ele pode passar várias horas sozinho sem causar problemas. O chow-chow, no entanto, é considerado difícil de ser adestrado, por ser muito teimoso e independente. Os cães da raça costumam ser descritos como reservados e um pouco distantes.

O chow-chow não gosta muito de demonstrações efusivas de afeto. Ele não é indicado para quem gosta de abraçar e acariciar durante muito tempo – por isso, estes cães não se dão bem com crianças. É uma raça ideal para pessoas solteiras, que passam o dia fora de casa e têm pouca disponibilidade para brincadeiras e passeios, mas estas atividades não devem ser totalmente eliminadas da rotina.

07. Greyhound

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Inteligente, gentil, afetuoso, equilibrado e muito ágil: assim é o greyhound, um cachorro desenvolvido para participar em corridas: ele é o mais rápido entre os cães lebréis (caçadores de coelhos e lebres). Os cães da raça são reservados, mas muito apegados aos tutores, especialmente os adultos da família.

Apesar do histórico atlético, o greyhound apresenta baixo nível de atividade e pode ser considerado um pouco preguiçoso. Ele gosta de corridas curtas, mas passa o restante do dia cochilando tranquilamente – os idosos precisam inclusive ser estimulados aos exercícios.

08. Lhasa apso

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

É um cachorro independente, que passa a maior parte do dia descansando – mas o lhasa apso apresenta tendência a ganhar peso e, por isso, precisa ser incentivado aos exercícios físicos, mesmo que sejam 30 minutos de caminhadas tranquilas.

O porte pequeno torna o lhasa apso ideal para pessoas que vivem em apartamentos. Ele pode passar várias horas sozinho, mas exige atenção e interação quando os tutores estão por perto. Os cães da raça apresentam certa tendência a serem dominantes.

09. Shar-pei

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Apesar de ser muito apegado à família, o shar-pei é talvez o cão que fica melhor sozinho por longos períodos, sem se desequilibrar nem desenvolver maus hábitos. Os cachorros da raça são independentes e demandam pouca atividade física.

Antes de deixar um shar-pei sozinho, os tutores precisam se certificar de que ele tenha alguma coisa para fazer. Uma bolinha e objetos com chocalhos entretêm os cães da raça por um tempo considerável. Mas a família precisa ter tempo para secar estes cachorros com cuidado, porque a raça é suscetível a dermatites.

10. Schnauzer

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

É possível encontrar três variedades da raça: miniatura, standard e gigante. Muito leal à família, o schnauzer é também independente e criativo, capaz de passar horas “desvendando” um novo brinquedo ou observando o movimento através da janela.

Os cães de menor porte se adaptam com facilidade a pequenos espaços, mas são animais muito barulhentos. Todos eles gostam muito de brincar e requerem alguns momentos de atenção, mas não gostam muito de demonstrações de afeto exageradas.

11. Shih tzu

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Muito dócil e reservado, o shih tzu geralmente fica tranquilo quando é deixado sozinho, desde que tenha alguma coisa para se distrair, o que pode ser garantido com alguns brinquedos e uma caminha para as sonecas.

É um cachorro de pequeno porte, mas a pelagem exige alguns cuidados, como banho e tosa frequentes – os candidatos a tutores precisam ter disponibilidade para levá-los a passeios curtos e algumas brincadeiras, que podem acontecer em cima da cama ou do sofá.

12. West highlander white terrier

As 12 melhores raças de cães para quem trabalha fora

Este cãozinho branco desenvolvido na Escócia (as Terras Altas, ou Highlands) é ativo, tranquilo e independente. Entre os cachorros de pequeno porte, é o mais indicado para quem trabalha fora e não tem muito tempo para se dedicar aos pets.

O westie ficou famoso no Brasil como garoto-propaganda do IG, um portal de acesso à internet, nos anos 1990 e 2000. Ele precisa de atividades físicas moderadas e um tempinho em companhia dos tutores, mas é um animal tranquilo e está sempre bem-humorado.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas