Menina sorriu para a cachorra no abrigo e mudou sua vida

“Suzie gets adopted” é uma campanha de adoção da Save a Hound que está viralizando.

“Uma menina sorriu para a cachorra”. Assim começa a locução de um vídeo produzido pela Save a Hound, para incentivar a adoção de cães que vivem nos milhares de abrigos dos EUA. O filme conta a história de Suzie, um beagle de dois anos que teve um começo de vida bem difícil.

Save a Hound (salve um sabujo, em tradução livre) é uma entidade americana baseada em Los Angeles, Califórnia, especializada na produção de vídeos sobre animais abandonados, especialmente cães, visando à sua adoção por famílias responsáveis.

Os responsáveis pela Save a Hound afirmam que, “como cineastas, amantes de animais e tutores de três cães resgatados em abrigos, nosso objetivo é ajudar pets sem teto a encontrar lares permanentes, seguros e amorosos e sair da lista de animais sacrificados”.

uma-campanha-de-adocao

O trabalho da entidade consiste em aproximar os quatro milhões de cães e gatos abandonados que vivem nos EUA dos 17 milhões de adotantes em potencial, para melhorar a vida de todos. O filme “Suzie gets adopted” (Suzie foi adotada) é um exemplo da atividade desenvolvida pela Save a Hound.

A história de Suzie

Nos EUA, milhões de animais são abandonados e vivem nas ruas. De acordo com a legislação da maioria dos Estados americanos, cães e gatos sem teto, como parte de uma política de saúde pública, podem ser abatidos – em alguns casos, apenas 72 horas depois de realizado o resgate.

Animais idosos, portadores de doenças crônicas ou simplesmente considerados “feios” estão no topo da lista da eutanásia. Em outros casos, estão os cães considerados “não socializados”: eles não interagem com humanos e apresentam problemas de relacionamento. É o caso de Suzie, cuja história foi contada pela Save a Hound.

Suzie foi resgatada pela Society for The Prevention of The Cruelty to Animals (SPCA) de Maryland, sediada em Baltimore. O vídeo foi gravado dois dias depois do resgate, quando a cadela beagle foi encontrada magra, faminta e muito arisca.

A equipe da Save a Hound flagrou o exato instante em que o olhar de uma menina cruzou com os olhos tristes e ansiosos de Suzie. O encontro acontece poucos minutos depois de serem mostradas cenas que revelam a depressão da cachorra.

uma-campanha-de-adocao

O isolamento e a falta de perspectivas tornaram Suzie irritadiça, arisca e desconfiada. A beagle poderia ser descrita como uma “cachorra brava”: ela pouco interagia com os outros cães do abrigo e chegava a avançar contra os tratadores.

Não é possível afirmar que o vídeo não tenha sido editada. Afinal, Suzie se mostra muito agressiva e tímida para, alguns segundos depois, revelar-se companheira e carinhosa. Tudo em função de um olhar diferente, que descobriu a importância do cuidado e do carinho.

Suzie foi adotada como presente de Natal para Brian e Brianna, um par de gêmeos filhos de um pastor batista aposentado. É o olhar de Brianna que encontra o da cachorra e uma história de amor, dedicação e muita alegria teve início ali.

uma-campanha-de-adocao

A Save a Hound é uma organização sem fins lucrativos, especializada em capturar histórias comoventes de como cães e crianças se encontram e, naquele momento, surge uma nova família amorosa e responsável.

“Suzie gets adopted” é mais um vídeo publicado nas redes sociais da entidade, que viralizou rapidamente. Os voluntários da Save a Hound captam imagens comoventes e, com o apoio de roteiristas e redatores, contam histórias que ajudam a aumentar as chances dos animais que não tiveram a sorte de ter uma família logo quando chegaram ao mundo.

Cães são criaturas incríveis. Eles são brincalhões, divertidos, bagunceiros, obedientes, leais e totalmente dedicados à família humana. Em troca, eles pedem muito pouco – às vezes, apenas um olhar terno e amistoso.

Não existem “cachorros difíceis”. Alguns são mais ariscos, outros se mostram agressivos, quase sempre em função do histórico de vida, em que conheceram negligência, maus tratos e violência física e psicológica. Tudo isso, no entanto, pode ser superado com amor, paciência e responsabilidade.

A história de Suzie é inspiradora. Nas páginas da Save a Hound no Facebook, Youtube e Twitter, ela foi visualizada por milhões de americanos – e parte deles sentiu aquele último impulso necessário para adotar um cachorro. A beagle é mais uma peluda que encontrou um lar, distante dos perigos das ruas e do abate nos abrigos.

Receba notícias e histórias do Cães Online no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/caesonline.

Postagens Relacionadas