Você está aqui: Home > Dicas > O cão e a chegada do bebê

O cão e a chegada do bebê



Muitos casais que têm cachorro em casa em um determinado momento se deparam com uma situação delicada: a chegada do bebê. É diferente porque a vida do cão, como ele conhecia até o momento, irá mudar completamente. É claro que o cão não vai ser deixado de lado, mas as atenções, ao menos nos primeiros meses, irão diminuir e o cão terá que se acostumar com um novo membro em casa, que exige cuidados e atenção em dobro.

O cão e a chegada do bebê

O mais aconselhável é ir acostumando o cão aos poucos, com pequenas modificações na rotina. É de extrema importância treinar o cão para exercer comandos básicos, como “senta”, “fica” e principalmente “quieto”. É interessante também acostumar o cão a ficar na casinha dele por algum tempo. Um petisco ou um brinquedo podem ajudar nestes momentos. Tal ação será importante para quando o bebê estiver sendo amamentado ou quando estiver tomando banho.

Acostumar o cão aos cheiros e aos barulhos do novo membro da família é imprescindível. Deixe o cão cheirar as roupinhas, o enxoval, o berço e os brinquedos. Se possível, grave o som do choro de um bebê e coloque para o cão escutar, em seguida vá aumentado o volume aos poucos, o que garantirá que o cão ficará preparado para o choro de verdade alguns meses depois. Todas estas situações para acostumar o cão devem ser associadas sempre a algo positivo, que pode ser na forma de carinhos ou petiscos.

O cão e a chegada do bebê

É bom também treinar os passeios do cão com o carrinho do bebê junto. É claro que ele irá estranhar o obstáculo no caminho nos primeiros dias, mas conforme for se acostumando, sempre parabenize o cachorro durante o trajeto, tudo para ele perceber que essa situação é positiva para ele.

Quando o grande dia chegar, não deixe o cão sozinho em casa. Peça para alguém próximo ficar com ele. E neste meio tempo em que a mamãe está no hospital, alguém da família pode levar para casa alguma roupinha com o cheiro do bebê.

Quando a mãe e o bebê voltarem para casa, o cão com certeza estará ansioso querendo fazer a maior festa. Para ele perceber que ainda é querido em casa, a mãe deve deixar o bebê no colo de alguém e parar alguns minutos para acariciar o cão. Em seguida, ela deverá segurar o bebê na altura do cão permitindo que ele cheire a criança.

O cão e a chegada do bebê

Nos próximos dias, caso o cão fizer algo de errado, como as necessidades fora do lugar, não deverá ser reprimido muito severamente, afinal, o período de adaptação costuma ser muito estressante para o animal. De qualquer forma, quando ele se comportar de maneira correta deverá ser recompensado, entendendo assim quais os comportamentos aceitáveis.

Conforme o tempo for passando, nunca se esqueça de acariciar e ter momentos a sós com seu cão. Assim ele perceberá que continua sendo amado, mesmo com uma nova pessoa dentro de casa.

GRÁTIS: Receba atualizações por Email:

Cadastre seu email e receba atualizações do Cães Online no seu e-mail. É grátis!

Faça o seu Comentário