Coceiras, lambidas em excesso e raspados podem ser indícios de uma doença de pele chada atopia. Saiba mais!

Os cães atópicos costumam ter muita coceira, feridas na pele, entre outros tipos de sintomas. É fundamental que os donos estejam sempre atentos a cada sinal também aos sinais que os cães transmitem. Ou seja, é preciso observar sempre o comportamento, aspecto da pele e qualquer alteração é fundamental que o cachorro seja levado ao veterinário. Por exemplo, cães que têm coceira excessiva podem ser atópicos e a alergia precisa ser controlada, porque ela causa muito desconforto. Conheça mais sobre essa doença de pele comum!

atopia-canina

O que é a atopia?

A atopia é uma doença genética de pele, que não tem cura, mas tem controle. Ela também é conhecida como dermatite atópica. A doença é hereditária e os principais sintomas são caracterizados por coceira extrema, inflamações, entre outro sintomas. Os cães que possuem essa doença de pele, geralmente, apresentam alergias a diversas substâncias que estão presentes no ambiente como, por exemplo, poeira.

Como controlar a atopia?

A doença pode ser controlada de várias maneiras diferentes como reduzir o contato do cão com as substâncias que provocam a alergia.

Assim, o seu melhor amigo deve ficar longe dos alérgenos, que são itens que provocam as alergias. Além disso, é preciso que o seu cachorro esteja sempre em dia com o controle de parasitas e também a higienização da pele e a hidratação são fundamentais, porque evitam o ressecamento.

Os sinais da atopia são comuns e se caracterizam por coceira, lambedura, raspados, entre outros. Logo, se o seu melhor amigo estiver apresentando alguns destes sintomas, que tal leva-lo ao veterinário para verificar se é uma dermatite atópica?
Quais são as raças mais comuns a desenvolver atopia?

As raças mais comuns são: Shar Pei, Lhasa Apso, Dálmata, Pug, Boston Terrier, Golden Retriever, Boxer, Labrador, Shih Tzu, entre outras.

Como diagnosticar a doença?

A atopia pode ser diagnosticada por meio da história, sinais clínicos, entre outras formas. Assim, se os sinais de manifestação da dermatite atópica forem notados, o cão deve ser levado ao veterinário de confiança para que o tratamento possa ser iniciado o mais cedo possível. O tratamento muitas vezes é feito com xampus específicos e também com o uso de medicamentos que devem ser informados pelo veterinário. Assim, não tente tratar o seu melhor amigo por sua conta, certo? No geral, a alergia precisa ser tratada por toda a vida do cão.

O seu melhor amigo já teve dermatite atópica? Conte para a gente no blog!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui